Vettel vence, mas Alonso chega em 4º e adia o tetra do alemão

Vettel vence, mas Alonso chega em 4º e adia o tetra do alemão

Após cair para terceiro na largada, piloto da RBR reage e fatura GP do Japão. Felipe Massa é punido durante prova e chega apenas em décimo

Sebastian Vettel tinha a chance de assegurar o tetracampeonato de forma antecipada no GP do Japão deste domingo, válido pela 15ª etapa da temporada 2013 da Fórmula 1. E ele bem que fez sua parte. Após uma largada ruim, onde caiu de segundo para terceiro e ainda tocou de leve em Lewis Hamilton (Mercedes), o alemão da RBR reagiu. Deixou Mark Webber e Romain Grosjean (Lotus) para trás com uma estratégia certeira de pit stops, alcançando sua nona vitória no ano, a quinta consecutiva - dessa vez, porém, não com tanta facilidade como nas duas corridas anteriores. Entretanto, Fernando Alonso, que precisava chegar entre os oito primeiros para evitar a decisão do campeonato, fez o máximo que pôde com sua Ferrari e terminou a prova em quarto, adiando o grito de ?é tetra? do alemão da RBR.

O título não veio em Suzuka, mas Vettel terá outra ótima chance para liquidar a fatura na próxima etapa, daqui a duas semanas, na Índia, com transmissão ao vivo na TV Globo a partir das 7h30 (horário de Brasília). Ele soma 297 pontos contra 207 de Alonso. Em caso de vitória do espanhol, o alemão da RBR precisa apenas chegar em quinto para garantir o título. Se o piloto da Ferrari terminar em segundo, basta um oitavo lugar para Vettel levantar a taça. Qualquer outra combinação dá o tetra ao alemão.


Vettel vence em Suzuka, mas Alonso chega em 4º e adia o tetra do alemão

Partindo da quinta posição, Felipe Massa estava em sexto quando teve suas esperanças de bom resultado frustradas ao ser punido com um drive-through (passagem direta pelo pit lane) por exceder a velocidade nos boxes. Fora da briga pelas primeiras posições, ainda foi surpreendido por Jenson Button na última volta, perdendo a nona posição e fechando a zona de pontuação, em décimo.

Outro que também precisou pagar um drive-through foi Nico Rosberg, da Mercedes, oitavo colocado. A dupla das Flechas de Prata teve um dia para esquecer. Lewis Hamilton teve um pneu furado com o toque de Vettel logo na largada e abandonou pouco depois. Substituto de Massa na Ferrari em 2014, Kimi Raikkonen (Lotus) terminou em quinto. Em franca ascensão no campeonato, a equipe Sauber teve mais um desempenho expressivo: Nico Hulkenberg foi o sexto e o novato Esteban Gutiérrez marcou seus primeiros pontos na carreira ao chegar em sétimo. Um presentão para o fundador Peter Sauber, que completa 70 anos neste domingo.

Cerca de 1h30 antes da largada do GP do Japão deste domingo, pilotos e dirigentes prestaram um minuto de silêncio em tributo à Maria de Villota, que morreu na última sexta-feira em decorrência de lesões neurológicas sofridas em um gravíssimo acidente em 2012. Em um momento de emoção, pilotos, dirigentes e o presidente da FIA, Jean Todt, reuniram-se em uma garagem do paddock de Suzuka para prestar a homenagem. A ex-pilota de testes da Marussia foi encontrada morta em um hotel em Sevilha (Espanha), onde faria uma palestra. A cerimônia de pódio deste domingo também foi dedicada à memória da espanhola.


Vettel vence em Suzuka, mas Alonso chega em 4º e adia o tetra do alemão

Fonte: Globo Esporte