Sebastian Vettel vence GP do Brasil, supera Senna e se torna tri mais jovem da Fórmula 1

Sebastian Vettel vence GP do Brasil, supera Senna e se torna tri mais jovem da Fórmula 1

Vettel faz história com terceiro título consecutivo na Fórmula 1

Não foi "apenas" o terceiro título consecutivo da Fórmula 1 que Sebastian Vettel conquistou neste domingo. Depois de terminar na sexta colocação do Grande Prêmio do Brasil, o astro da Red Bull bateu a marca de Ayrton Senna para se tornar o piloto mais jovem a colecionar três troféus do Mundial de pilotos e igualou um feito obtido apenas por outros dois gênios do automobilismo mundial: o argentino Juan Manuel Fangio e o também alemão Michael Schumacher: ser campeão por três temporadas consecutivas.

Mesmo depois de um início de 2012 muito abaixo do esperado, levando-se em consideração a hegemonia apresentada no ano passado, Vettel se recuperou a tempo no Mundial. Muito embora não tenha conquistado vitórias na temporada europeia da F1, o alemão da Red Bull conseguiu tirar a diferença para o espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, nas últimas corridas da temporada. A definição, no entanto, ficou para a última etapa, em São Paulo

Com os oito pontos obtidos graças ao resultado deste domingo em Interlagos, Vettel chegou aos 281, contra 278 do vice-campeão Alonso, que ficou em segundo na prova (o inglês Jenson Button, da McLaren, venceu). Tricampeão aos 25 anos e 4 meses, o piloto nascido na cidade de Heppenheim em 3 de julho de 1985 superou - com enorme margem - um feito que há 21 anos pertencia ao brasileiro Ayrton Senna: o de tricampeão mais jovem da F1.



Até este domingo, Senna era o mais jovem piloto a conquistar três títulos mundiais: ele tinha 31 anos e 7 meses quando venceu a temporada de 1991. Vettel baixou essa marca em mais de seis anos: o piloto da Red Bull hoje tem 25 anos e 4 meses. O piloto mais velho a conquistar o tri foi o argentino Fangio, que tinha 44 quando triunfou em 1956.

O tri do alemão, na verdade, apenas comprova a sua precocidade. Vettel também é dono de várias outras marcas de "mais jovem a conquistar um feito na principal categoria do automobilismo mundial": a liderar uma corrida (tinha 20 anos no GP de 2007 no Japão); a fazer uma pole, a vencer uma corrida e a subir no pódio (todos os feitos obtidos com a vitória na Itália em 2008, com 21); a conquistar uma temporada (23 anos, em 2010) e a ser bi (24, em 2011).

Aliás, Vettel, campeão em 2010, 2011 e agora 2012, conseguiu uma façanha que apenas Fangio e Schumacher conquistaram até hoje na F1: faturar pelo menos três títulos consecutivos. Schumacher, na verdade, conquistou cinco temporadas seguidas entre 2000 e 2004 pela Ferrari, enquanto o argentino venceu quatro, entre 1954 e 1957.









Fonte: Terra, www.terra.com.br