Vitor Belfort sobre Wanderlei Silva: "Eu não vou me rebaixar"

Wanderlei Silva e Vitor Belfort continuam trocando farpas antes do UFC 147.

A rivalidade entre Vitor Belfort e Wanderlei Silva teve mais um capítulo na última segunda-feira. Na primeira entrevista coletiva após o encerramento do reality show The Ultimate Fighter Brasil, Belfort ironizou as recentes provocações e citou o retrospecto desfavorável das últimas lutas do ?Cachorro Louco?.


Vitor Belfort sobre Wanderlei Silva:

Após ser cortado do UFC 147 devido a uma lesão na mão esquerda, Belfort foi chamado de ?amarelão? e ?irresponsável? por Wanderlei, que seria o seu rival no combate entre os treinadores do TUF Brasil. Em sua resposta, Vitor comparou o rival a Chael Sonnen, que costuma exagerar nas provocações ao desafeto Anderson Silva.

?Amarelei? Tá de brincadeira! Na hora que eu pegar ele, vou fazer barba, cabelo e bigode?, disparou Belfort. ?Eu não vou me rebaixar e ficar discutindo, batendo boca. O marketing dele infelizmente é esse. Das últimas cinco lutas, ele só venceu duas?, completou.

?A responsabilidade sobre um atleta do UFC é muito maior que qualquer outro, porque já existe esse conceito formado de que é um esporte violento. Mas, alguns, para vender luta, não têm limite. Ele [Wanderlei] falou que o Chael Sonnen luta com a boca, mas devia fazer uma análise de como ele também está lutando com a boca dele?, continuou Belfort.

Treinador de sete dos oito lutadores vencedores nas quartas de final do TUF, Belfort insinuou que o comportamento de Wanderlei é digno de mau perdedor: ?Acho que quando a pessoa está frustrada e está perdendo... A maneira que ele se expressava no corner está filmada, documentada. Uns encaram como porrada, e eu encaro como luta. Infelizmente ele não soube compreender a rivalidade e partiu para a ofensa, e eu não entro nesse jogo de bullying?.

Em recuperação de sua lesão na mão esquerda, Vitor disse que espera voltar a socar de canhota no final de julho, já visando à preparação para sua luta anunciada para outubro, no Brasil, ainda sem adversário definido. ?Queria muito fazer essa luta [contra o Wanderlei], tentei de todas as formas, mas não pode?, lamentou.

Fonte: UOL