Webber vence GP da Inglaterra, Hamilton segue 1º no Mundial e Massa fica em 23º

Webber vence GP da Inglaterra, Hamilton segue 1º no Mundial e Massa fica em 23º

A terceira colocação na Inglaterra ficou com o piloto da Mercedes, Nico Rosberg

O australiano Mark Webber venceu o GP da Inglaterra neste domingo. O piloto da Red Bull largou na segunda colocação em Silverstone, mas assumiu a liderança e conquistou sua terceira vitória na temporada. Antes, o australiano havia vencido na Espanha e em Mônaco.

Assim, Webber assumiu chegou aos 128 pontos no Mundial, assumindo a terceira colocação. O líder é o inglês Lewis Hamilton, da McLaren, que ficou em segundo lugar e soma 145. O vice-líder do Mundial é Jenson Button, também da McLaren, que largou em 14º lugar e chegou em quarto. O inglês soma 133 pontos.

A terceira colocação na Inglaterra ficou com o piloto da Mercedes, Nico Rosberg. O alemão soma 90 pontos, na sexta colocação. Já o pole Sebastian Vettel, da Red Bull, terminou na sétima colocação e, com 121 pontos, ocupa a quarta colocação do Mundial.

Logo na largada, Vettel perdeu a primeira colocação para o companheiro de equipe Webber. Ainda na primeira volta, o piloto alemão escapou da pista por duas vezes e caiu para a última colocação, precisando fazer a primeira parada nos boxes.

Outro que teve problemas na primeira volta foi o brasileiro Felipe Massa. O piloto da Ferrari teve o pneu traseiro estourado após ser tocado pelo seu companheiro de equipe, Fernando Alonso. Assim, o brasileiro caiu para a 23ª colocação após parar para fazer a troca.

O espanhol, por sua vez, recebeu a punição de um drive through por ter ultrapassado o polonês Robert Kubica por fora da pista. Na volta 28, o safety car teve que entrar na pista, após Pedro de La Rosa ter sua asa traseira danificada e pedaços do carro terem se espalhado em uma das retas.

Na relargada, Alonso, que estava na quarta colocação, cumpriu a punição e voltou na 12ª posição. Melhor para o brasileiro Rubens Barrichello, que ganhou mais uma posição e assumiu a quinta colocação e conseguiu levar o carro até a chegada para conquistar mais alguns pontos.

Após a péssima largada, Massa pegou a equipe desprevenida ao entrar nos boxes na volta 40. O brasileiro rodou em uma curva e teve que segurar o carro para evitar a colisão. Como não estava pronta para receber o carro, a Ferrari teve que agilizar para conseguir trocar os pneus do carro do brasileiro, que terminou na 15ª posição.

Entre os outros brasileiros, Lucas di Grassi, da Virgin, foi obrigado a abandonar a prova na nona volta. Já Bruno Senna não participou da prova em Silverstone, já que a Hispania optou pela utilização do japonês Sakon Yamamoto. A equipe afirma que o brasileiro retorna no GP da Alemanha.

Fonte: Terra, www.terra.com.br