THE: Parada da Diversidade foi a melhor já realizada

Marinalva Santana,coordenadora do grupo Matizes e organizadora do encontro diz que esta deve ser a maior e melhor Parada da Diversidade já realizada

Milhares de pessoas se reuniram neste domingo (25) durante a 12ª Parada da Diversidade. O evento é um dos mais aguardados no calendário teresinense e ponto alto da luta pelo respeito à diversas formas de amar e de viver do Piauí. A concentração teve início na Potycabana às 16 horas e a caminhada partiu em direção à Ponte Estaiada às 17h, onde foi montada toda a estrutura para a principal atração da noite, o show da estrela baiana Daniela Mercury, além de bandas e Djs locais.

Marinalva Santana, coordenadora do grupo Matizes e organizadora do encontro afirma que esta deve ser a maior e melhor Parada da Diversidade já realizada, pela maturidade e reconhecimento que o evento ganha a cada edição. ?Esta promete ser a melhor, não apenas pela presença da Daniella Mercury, que é uma estrela internacional, e de excelentes artistas locais, mas por este evento ser também uma forma de protesto contra todos os tipos de discriminação?,ressalta.

O participante Marcio de Sousa destaca que o evento é de extrema importância não apenas pelo investimento na estrura física, mas como um símbolo de luta por direitos. ?Este evento é indispensável para que as pessoas vejam que nós, gays, somos do bem, que temos e merecemos um lugar na sociedade?.

O processo de organização começou em dezembro de 2012 e reuniu uma estrutura para oferecer o máximo de conforto aos participantes. Estima-se que cerca de 100 mil pessoas passaram pelos locais e exibiram a diversidade de ser, de vestir e protestar. A estrutura completa contou com, quatro trios elétricos, 70 policiais militares , segurança particular contratada pelo evento, reforço da SDU Leste e da Strans, uma unidade móvel da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) e duas motolâncias do SAMU, além de 20 banheiros químicos e cerca de 100 pontos de vendas para lanches e bebidas.

Assim como em edições anteriores, o local também foi oportunidade para ações educativas e promoção da saúde. Estudantes de medicina e enfermagem da Universidade Federal do Piauí aproveitaram o momento para levar informação e prevenção. A Blitz da Prevenção levou mais de 20 mil preservativos masculinos e muita disposição para ajudar, de acordo com a estudantes Emanuelle Rocha que faz parte do grupo. ?Além dos preservativos, nós entregamos informativos e nos disponibilizamos para orientar sobre todas as formas de prevenção de Doenças Sexualmente Transmissíveis para quem precisar?.

A Fundação Municipal de Saúde montou um estande para orientação dos participantes e distribuição de quase 25 mil preservativos para os públicos femininos e masculinos, além de orientações sobre as formas de utilização das camisinhas e informação sobre os serviços de saúde disponíveis no centros de saúde.































































Fotos Moises Saba

Fonte: Samira Ramalho