TRE faz o recadastramento biométrico no Sistema MN

Em parceria inédita com o Tribunal Regional Eleitoral, o Sistema Meio Norte continua promovendo o processo de recadastramento biométrico

O Sistema Meio Norte de Comunicação segue promovendo o recadastramento biométrico dos colaboradores da empresa, em parceria com o Tribunal Regional Eleitoral do Piauí.

Os equipamentos necessários ao processo de recadastramento foram levados para a sede do SMNC, no Bairro Monte Castelo, na zona sul, fazendo com que o sistema seja a primeira empresa privada a requisitar esse tipo de parceria no estado.

Os trabalhos foram iniciados ainda na segunda (06) e, neste curto período, já foram feitas as atualizações cadastrais de mais de 130 colaboradores.

O processo inteiro leva apenas alguns minutos. Primeiro, é feita uma atualização do cadastro, com as informações do eleitor. Depois, através de um equipamento especial, é coletada a assinatura digital da pessoa.

Em seguida, é feita a captação da imagem digital e, por último, são coletadas as digitais dos dez dedos do eleitor. Até sexta-feira (9), os técnicos permanecem na sede do Sistema MN disponibilizando o serviço. Os documentos necessários são o título de eleitor, original e cópias de RG e do comprovante de residência.

Os trabalhos de recadastramento foram iniciados em Março e já percorreram os municípios de Piracuruca, Piripiri, Floriano, Picos e Francisco Santos. - e prosseguem também em Teresina, Nazária, Oeiras, José de Freitas, Parnaíba, Luís Correia, Cajueiro da Praia e Ilha Grande.

O TRE-PI espera melhorar os índices obtidos no recadastramento, já que até agora o serviço atualizou os dados de menos de 25% do eleitorado. O recadastramento biométrico permitirá a identificação do eleitor por meio de suas impressões digitais no dia da eleição, reduzindo consideravelmente o tempo da votação.

Esse sistema de identificação confere mais segurança aos pleitos, impedindo que uma pessoa tente se passar por outra no momento da votação.





Fonte: Dowglas Lima