150 adolescentes privados de liberdade fazem prova do Enem no Piauí

150 adolescentes privados de liberdade fazem prova do Enem no Piauí

O Exame Nacional do Ensino Médio foi aplicado ontem e hoje nas unidades penitenciárias e socioeducativas do país

O Exame Nacional do Ensino Médio para pessoas privadas de liberdade (Enem PPL) e para aquelas que cumprem medidas socioeducativas tem 38,1 mil participantes em 2014.

No Piauí, apenas 150 pessoas fizeram a prova, um dos menores números de inscritos registrados entre os estados brasileiros e o segundo menor do Nordeste, ficando atrás apenas do Maranhão, que teve 149 inscritos.

No país, o menor número de candidatos ao Enem foi registrado em Roraima (130) e o maior, em São Paulo (13.135). As provas foram aplicadas ontem (09) e continua nesta quarta-feira (10).

Em relação à edição do ano passado, houve uma redução no número de inscritos. No Enem 2013, Piauí teve 190 inscritos, 40 a mais que a edição 2014.

A nível nacional, houve crescimento em relação à edição anterior, quando o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) registrou 30,3 mil inscritos, um aumento de 25,65%.

Participaram do exame homens e mulheres cujas unidades prisionais e socioeducativas firmaram termo de adesão, responsabilidade e compromisso junto ao Inep.

No primeiro dia, os candidatos fizeram as provas de ciências humanas e suas tecnologias (história, geografia, filosofia e sociologia) e de ciências da natureza e suas tecnologias (química, física e biologia), com duração total de 4 horas e 30 minutos.

Hoje será a vez dos participantes testarem seus conhecimentos em linguagens, códigos e suas tecnologias (língua portuguesa, literatura, língua estrangeira – inglês ou espanhol –, artes, educação física e tecnologias da informação e comunicação), redação e matemática, com duração total de 5 horas e 30 minutos.

As inscrições no Enem PPL foram feitas via internet pelos responsáveis pedagógicos de cada instituição. Eles também são encarregados do acesso aos resultados, da divulgação das informações do exame aos inscritos e do encaminhamento dos candidatos ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e a outros programas voltados para a educação superior.

Clique e curta Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Jornal Meio Norte