201 municípios decretam estado de emergência no PI

Aconteceu, na manhã de ontem (21), uma audiência pública no auditório do Ministério Público

Aconteceu, na manhã de ontem (21), uma audiência pública no auditório do Ministério Público para promover o debate sobre as ações realizadas e planejadas nos municípios que decretaram estado de emergência no Piauí.

Foram convidados ao debate a Secretaria Estadual de Defesa Civil, Agespisa, APPM, Cáritas Nacional, Diocese de Oeiras, além da Funasa e outras entidades representativas com ações de convivência no Semiárido.

O promotor de Justiça Fernando Santos iniciou o encontro explicando as medidas preventivas, assistenciais e recuperativas adotadas pela Secretaria de Defesa Civil e pelos municípios que declaram situação de emergência ou estado de calamidade. Ao todo são 201 municípios que declararam a situação de emergência devido à estiagem.

?São necessárias medidas preventivas, assistenciais e recuperativas que devem ser adotadas pela Secretaria Estadual de Defesa Civil e pelos municípios que declararam estado de calamidade pública.

Para isso, torna-se urgente a criação de um Plano Estadual de Proteção e Defesa Civil, assim como institui a lei 12.608/2012, mas que ainda não obteve aplicação por parte do governo piauiense?, explica o promotor Fernando Santos A oportunidade também serviu para dar início ao Seminário de Gestão de Riscos e Emergências promovido pela Cáritas, com o intuito de analisar os planos de gestão dos municípios, bem como as políticas preventivas e recursos para evitar novos desastres ambientais.

O diretor de unidade de Defesa Civil, Jerry Herbert, ressalta que a Defesa Civil se esforça e atua em três frentes no combate à seca, que são a perfuração de poços, abastecimento através de carros-pipa e limpeza de barreiras.

A Defesa Civil afirmou que entre as ações já perfurou e equipou 260 poços tubulares e espera perfurar mais 140 até dezembro, além dessas ações, o Exército Brasileiro usa mais de 600 carros-pipas para distribuir água para os municípios que necessitam e a Secretaria de Defesa Civil opera com outros 243 veículos.

Após a audiência pública, será solicitada e encaminhada ao Poder Público a criação de um Plano Estadual de Proteção e Defesa Civil. Ainda no encontro, foi decidido que será elaborado um levantamento de todos os órgãos públicos e entidades da sociedade civil relacionados ao combate à seca no Piauí para a formação de um Fórum Permanente de Proteção e Defesa Civil, que realizará sua primeira reunião no dia 10 de julho.

Fonte: Samira Ramalho