2010: Transplantes aumentam 70% em relação ao ano de 2008

Comparado a 2008, os transplantes ocorridos em 2010 chegam a quase 70%.

Nos dois primeiros meses desse ano, o Piauí já realizou 1/3 dos transplantes feitos durante 2009. Naquela época, em janeiro e fevereiro, só haviam sido registradas sete cirurgias. Comparado a 2008, os transplantes ocorridos em 2010 chegam a quase 70%.

As doações acompanham o mesmo ritmo gradativo. O Estado teve aumento superior ao que foi constatado em âmbito nacional. Enquanto o Brasil registrou crescimento de 25,8% no número de doadores, o Piauí aumentou 86% de 2008 para 2009.

A enfermeira da Central de Transplantes, Patrícia Figueiredo, revela que 2008 foi considerado o pior ano para a Central. Somente 14 doações foram realizadas. Já em 2010, o registro é de 16 doações de córnea e uma de múltiplos órgãos.

?Esse aumento deve-se à veiculação de informações da mídia, que leva as pessoas a se conscientizarem para a importância da doação. Além disso, tem a melhoria da rede hospitalar e o treinamento dos profissionais para identificação precoce de potenciais doadores?, afirma Patrícia Figueiredo.

Por enquanto, o Estado ainda não realiza transplantes de coração e medula óssea, pois ainda não possui estrutura suficiente para isso. ?Há três anos fizemos de coração, mas devido problemas de logística tivemos que parar?, revela a enfermeira, acrescentando que há intenção de voltar a realizar o procedimento.

Números de transplantes

2008 ? 67

2009 ? 159

2010 ? 45

Dois primeiros meses de 2009 - 7

Crescimento em relação a 2008 ? 67%

Número de doações

2008 ? 14

2009 ? 99

2010 ? 17

Crescimento em relação a 2009 - 86%

Fonte: Nayara Felizardo