35 ruas recebem calçamento na zona Leste de Teresina, aponta SDU

Para 2016, SDU intensificará obras de mobilidade urbana na z. Leste

Teresina é uma cidade em expansão e os investimentos em mobilidade urbana têm acompanhado esse ritmo. As obras de calçamento de 35 ruas no bairro Parque Universitário, por exemplo, somam investimentos em torno de R$ 2,3 milhões em convênio com o Governo Federal. Para este ano, a Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste (SDU Leste), garante continuar outras importantes obras de mobilidade urbana, saúde, esporte e educação na região Leste da cidade.

De acordo com o superintendente da SDU Leste, Francisco Canindé, os serviços que foram intensos no ano passado, serão continuados a todo vapor neste ano. “Vamos trabalhar para concluir as obras oriundas de recursos próprios do município, de emendas parlamentares, investimentos federais e recursos do orçamento popular. O orçamento popular, por exemplo, é um grande instrumento participativo, uma vez que desde o seu início até os dias de hoje, temos quase 94% das obras executadas, obras estas reivindicadas pela população”, disse.   Em se tratando de calçamento, por exemplo, a região da Vila Firmino Filho está recebendo obras de pavimentação em paralelepípedo em nove ruas. O projeto tem recursos oriundos do Orçamento Popular, orçado no valor de R$ 891 mil. Na região da Ladeira do Uruguai, as ruas 35, 01, 40, Crispim, Santa Luzia, Angélica, José Marques Correia, Hermes Parente e Wortigem Rocha são também contempladas. Os serviços que estão em fase de execução são orçados no valor de R$ 596.864,81 mil, oriundos de recursos próprios do município.  

Na vila santa Barbara, também há recursos de emendas parlamentares aprovadas para fechar todas as vias da região. “Já fizemos o projeto na SDU Leste e encaminhamos à Caixa Econômica Federal e nesse momento, ela está fazendo vistoria juntamente com nossos técnicos nas ruas para que seja, o mais rápido possível, aprovado e licitado. Praticamente vamos fechar todas as vias que estão precisando de calçamento”, explicou Francisco Canindé.

Para o superintendente, os serviços de limpeza tem sido outro ponto importante da gestão. “Hoje vivemos uma crise de saúde muito séria, e o correto acondicionamento do lixo pode evitar que os danos dessa crise aumentem. Atualmente, a cidade de Teresina tem uma área coberta por cerca de 90% dos serviços de coleta domiciliar, por isso não justifica que a população deixe de fazer o correto acondicionamento do lixo. Ou seja, a Prefeitura precisa também da colaboração da população para evitarmos maiores transtornos”, contou.

Segundo Francisco Canindé, neste ano, outras obras em andamento também serão aceleradas. “Vamos realizar uma nova licitação para as obras das Galerias da zona leste e retornar essa importante obra para a população. Concluiremos as obras do Centro de Convivência do Idoso e o Centro de Iniciação Esportiva, localizados na região do Vale do Gavião. No Planalto Uruguai, daremos continuidade ao trabalho de revitalização do Centro Esportivo do Planalto Uruguai. Na Morada do Sol, concluiremos as obras para construção do Ginásio Sarah Menezes. Finalizaremos as obras do prolongamento da Avenida Rossini Morada, entre tantas outros”, concluiu Francisco Canindé.

Fonte: Com informações do Prefeitura de Teresina