38 ruas serão pavimentadas em bairros da zona Leste de Teresina

Moradores do Parque Universitário vão usufruir de pavimentação

Demorou, mas finalmente os moradores do Parque Universitário vão usufruir de uma malha viária de verdade. O que antes eram passagens esburacadas e cheias de lama e mato dará lugar a 34 ruas beneficiadas com pavimentação em paralelepípedo, fruto de uma parceria firmada em convênio com o Governo Federal e contrapartida da Prefeitura Municipal de Teresina.


Além do Parque Universitário, o bairro Uruguai também será beneficiado com as obras, que serão acompanhadas pela Superintendência de Desenvolvimento Urbano da zona Leste (SDU/Leste).

“São 34 ruas no Parque Universitário, para fechar todo o bair-ro com ruas completamente calçadas. Como sobraram recursos, também incluímos quatro ruas do bairro Uruguai, que fica próximo. Ao todo, serão 38 novas ruas”, afirma José Alberto, gerente de obras.

O investimento total para a pavimentação dessas ruas é no valor de R$ 3.343.431,41, com recursos oriundos do Governo Federal, através do Ministério das Cidades. O prazo para a finalização da obra é de 180 dias, contados a partir da assinatura da ordem de serviço.

“O Governo Federal abriu uma carta consulta para o município, com aquele recurso. Tínhamos a intenção de fazer a infraestrutura de todo o Parque Universitário para beneficiar o bairro como um todo”, explica o gerente da SDU/Leste.

Serão beneficiadas as seguintes vias do bairro Parque Universitário: ruas Azenha, Amparo, Rua Benal, Rua Bitar, Rua Ceci Ribeiro, Rua dos Tucanos, Rua Gimenes, Rua Prudente, Rua Romani, Rua Satélite, Rua Jansen, Rua Apolo XI, Rua Bonácio, Rua Nova, Rua Quirino, Rua Valquísia, Rua Bertolini,

Rua Coronel Brandão, Rua Monsenhor Cícero Portela, Rua General Padilha, Rua Galçan Martins, Rua Guaçu, Rua Mirim, Rua Tuiti, Rua Rita Ludoft, Rua Fátima, Rua Sabiá, Rua Falcone, Rua Marino, Rua Meio Horizonte, Rua Jaguará, Rua Kuruzu, Rua Galças Martins.

Além das quatro do Bairro Uruguai: Rua Noé Fortes, Rua Deputado. Francílio Almeida, Rua 38 e Rua 4. Também será inclusa nas obras de beneficiamento dos dois bairros a sinalização vertical de todas as ruas mencionadas na reportagem.

Contrato engloba calçadas com acessibilidade

Além da pavimentação dessas ruas da zona Leste, pessoas com dificuldades de locomoção ou com algum tipo de deficiência serão ainda mais beneficiadas.

A pedido do Governo Federal, dando atenção ao Plano Nacional de Promoção da Acessibilidade (PNPA), a Prefeitura Municipal de Teresina dará uma atenção especial às calçadas das casas do bairro.

O gerente de obras da SDU/Leste ressalta a importância disso estar no projeto. "Esse contrato engloba todas as calçadas com rampas, pisos táteis e sinalização, tudo acessível para o maior conforto das pessoas com deficiência.

Essa foi uma exigência do Governo Federal, que vamos atender com certeza", finaliza José Alberto.

Infraestrutura aponta para regularização fundiária

Não é segredo para ninguém que a maioria das residências do bairro Parque Universitário é fruto de uma ocupação iniciada ainda nas décadas de 80 e 90.

Porém, as recentes ações do poder executivo têm apontado para um processo de urbanização do espaço, mesmo após 20 ou 30 anos. Em Teresina, 20 mil famílias vivem em 200 áreas ocupadas ilegalmente.

"A partir do momento que a prefeitura implanta esta infraestrutura, é porque ela está entrando em um processo de legalização daqueles moradores que ali estão.

Começou, sim, como uma invasão, mas o bairro está montado e não tem como reverter isso. Todos os imóveis que estão ali há algum tempo serão regularizados", avalia José Alberto.

Fonte: Pollyana Carvalho e Lucrécio Arrais