50% da água produzida é desperdiçada em THE, diz Agespisa

50% da água produzida é desperdiçada em THE, diz Agespisa

Segundo ele, moradores de áreas mais altas de Teresina ficam sem água por causa de desperdício por alguns moradores das áreas mais baixas

?O motivo da falta de água é o consumo exagerado de quem mora nas partes mais altas?, disse o superintendente metropolitano da Agespisa, Horlando Aires. Segundo ele, moradores de áreas mais altas de Teresina ficam sem água já que a água perde pressão devido ao desperdício por alguns moradores das áreas mais baixas, onde a água não falta.

Após reclamações em diversos bairros de Teresina sobre falta de água, o superintendente veio ao programa Agora, da Rede Meio Norte para dar esclarecimentos sobre o problema. Horlando disse que a estatal já está tomando medidas emergenciais para minimizar a falta d?água, como a reativação de poços que estavam parados.

Além disso, o superintendente informou que 50% da água produzida pela Agespisa é desperdiçada, seja com ?gambiarras?, furtos ou canos quebrados. Outra causa da falta de água é a criação de novos conjuntos habitacionais, que não são acompanhados pela Agespisa durante a construção.

Os bairros de onde vêm mais reclamações são: Santa Maria da Codipi, Planalto Uruguai, Morada do Sol, Parque Wall Ferraz, Vale Quem Tem. No município de Palmeirais, onde falta água desde ontem, o superintendente informou que uma bomba de abastecimento queimou, e uma equipe já foi enviada para fazer a manutenção.

Horlando Aires falou que a população deve ligar para a Agespisa, para denunciar os problemas. Segundo ele, a empresa não tem condição de estar investigando a cidade, e só toma conhecimento dos defeitos o serviço através das reclamações. O número da Agespisa é p 0800 086 88 88.


50% da água produzida é desperdiçada, diz superintendente da Agespisa

50% da água produzida é desperdiçada, diz superintendente da Agespisa

50% da água produzida é desperdiçada, diz superintendente da Agespisa

50% da água produzida é desperdiçada, diz superintendente da Agespisa

Fonte: Andrê Nascimento