50 mães e seus bebês participam de ‘mamaço’ em Teresina

O encontro foi para divulgar os benefícios do aleitamento materno.

50 mães e seus bebês participaram às 18h de sábado (05) de um ‘mamaço’ no Parque da Cidadania para divulgar os benefícios do aleitamento materno. Sentadas na grama do parque, as mães deram de mamar aos seus filhos.

A organizadora do ‘mamaço’, a gerente de negócios de T.I.  Bárbara Lima, afirmou que o objetivo foi promover a importância do aleitamento materno no Piauí. Segundo ela, o ‘mamaço’ é um evento nacional.

“A importância da amamentação é nutrir a criança e criar um vínculo com a mãe em seu desenvolvimento fisiológico e psicológico. A ideia do evento é mostrar para a população que não tem nenhum problema em amamentar em público. Você pode amamentar o seu filho em qualquer lugar porque não tem nada mais natural e é uma necessidade da mãe e do bebê”, declarou Barbara Lima lembrando que alguns restaurantes de Teresina chegaram a proibir a amamentação nos estabelecimentos mas depois foi revogado e hoje a OAB já possui uma sala de amamentação, como também o Teresina Shopping promoveu um evento de amamentação.

A nutricionista Maria do Carmo, a ‘Duduca’, proferiu palestras para as mães no Parque da Cidadania sobre a importância do aleitamento materno. Ela falou sobre a importância, dificuldades e posição mais confortável para a mãe e para o bebe.

Maria do Carmo contou que a melhor posição para amamentar o bebê é a posição mais confortável tanto para a mãe quanto para o bebê, um completando o outro.

“A melhor posição é a que a mãe está confortável junto com o bebê. A criança fala que não está confortável chorando e não pega no peito”, falou a nutricionista.

De acordo com ela, o aleitamento materno é o único alimento completo: “O bebê vai crescer mais saudável, mais inteligente, e essa semana nós estamos comemorando a semana Mundial da Amamentação com o tema ‘Amamentação desenvolvimento sustentável’. O desenvolvimento é a mãe que amamenta e está cuidando do planeta, oferecendo melhor alimento para o bebê porque a criança não usa mamadeira, não vai usar leite de forma láctea e por sua vez não vai usar latas, energia e dessa forma está cuidando do planeta”, falou Duduca.

A supervisora de aleitamento materno da Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi), Vilma Lima Pena, disse que a amamentação é o ideal para a criança e para a saúde da mãe: “O ato de amamentar é ecológico, a criança não usa recipientes para se alimentar, bebendo diretamente do peito da mãe. é uma grande contribuição para o planeta”, falou Vilma.

Ela declarou que a criança que mama cresce mais saudável, desenvolve todo o seu potencial, é uma criança que adoece menos e a mãe também é beneficiada com a amamentação porque já existe evidências que a mãe que a amamenta tem risco menor de desenvolver câncer de mama, como também ela volta ao peso normal mais rápido, faz o útero contrair, e diminui a chance de ter anemia.

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Efrém Ribeiro