58 brasileiros estavam em vôo AF 447

A Air France informou que o Airbus entrou em uma zona de tempestade às 2h GMT

O presidente da Air France, Pierre-Henry Gourgeon, informou que 61 franceses e 58 brasileiros estavam na aeronave da companhia que desapareceu no Oceano Atlântico, quando fazia a viagem entre o Rio de Janeiro e Paris, na França. Anteriormente, o gerente da Air France no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (Galeão), Jorge Assunção, confirmou que 80 brasileiros e 73 franceses estavam no vôo.

Gourgeon afirmou que "149 passageiros estariam em conexão. Por isso a dificuldade em determinar a nacionalidade". A lista oficial com o nome dos passageiros só seria divulgada oficialmente após a checagem da nacionalidade e depois que os familiares dos desaparecidos fossem contatados.

O acidente

O Airbus A330 saiu do Rio de Janeiro no domingo (31), às 19h (horário de Brasília), e deveria chegar ao aeroporto Roissy - Charles de Gaulle de Paris no dia 1º às 11h10 locais (6h10 de Brasília).

De acordo com nota divulgada pela FAB, às 22h33 (horário de Brasília) o vôo fez o último contato via rádio com o Centro de Controle de Área Atlântico (Cindacta III). O comandante informou que, às 23h20, ingressaria no espaço aéreo de Dakar, no Senegal.

Às 22h48 (horário de Brasília) a aeronave saiu da cobertura radar do Cindacta, segundo a FAB. Antes disso, no entanto, a aeronave voava normalmente a 35 mil pés (11 km) de altitude.

A Air France informou que o Airbus entrou em uma zona de tempestade às 2h GMT (23h de Brasília) e enviou uma mensagem automática de falha no circuito elétrico às 2h14 GMT (23h14 de Brasília). A equipe de resgate da FAB foi acionada às 2h30 (horário de Brasília).

Fonte: Terra, www.terra.com.br