A volta do batom vermelho

A volta do batom vermelho

A volta do batom vermelho

Do carmim vibrante ao mais escuro (quase vinho), vai do trabalho a eventos noturnos mais chiques. O festejado maquiador Saulo Fonseca ensina como usar sem errar

Não existem regras para usar tons mais fortes na boca. Durante o dia ou à noite, basta ter cuidado e não exagerar. O bom senso descarta lábios provocantes na praia ou na academia, por exemplo.

"Batom vermelho é uma questão de estilo", dispara Saulo Fonseca, responsável pelo visual de várias famosas e que, na área de moda, cuida do beauty dos editoriais das revistas da Daslu. O maquiador explica que, ao contrário do que a maioria das mulheres imagina, cores mais vibrantes não conferem vulgaridade. "Quem não tem classe é vulgar com ou sem maquiagem", diz. Esqueça a textura fosca do último inverno. Os cremosos ? que deixam os lábios mais bonitos e hidratados ? são tendência para este verão. Agora, é só escolher o seu tom. Vamos lá!

BRANCA DE NEVE

Saulo explica que, quanto mais clara a pele, mais vivo é o batom. Então, abuse dos vermelhões e até dos alaranjados mais fortes. Equilibre o visual

usando muita máscara preta nos cílios e um blush que dê um leve toque corado ao rosto. Segundo o maquiador, a atriz Mariana Ximenes tem a pele

ideal para essas cores.

MORENA TROPICANA

O vermelho forte, um pouco mais escuro que o tradicional carmim, é

perfeito aqui. "Quem é mais bronzeada deve abusar dos tons mais fechados", diz Fonseca. Arrisque uma sombra marrom-escura no côncavo e um blush pêssego para dar um ar saudável ao look. Em ocasiões especiais, a apresentadora Luciana Gimenez é adepta de lábios provocantes.

MAMBO JAMBO

Mulatas e negras ficam ainda mais bonitas quando apostam nos tons

de vermelho-escuro quase vinho. "Aqui, a cor do batom é mais fechada

ainda", ensina Saulo. Para a maquiagem não pesar, aplique um pouco de

blush terracota nas maçãs do rosto e passe três camadas de máscara preta

nos cílios. A atriz Camila Pitanga adora tons fortes e o vermelho está entre os seus preferidos.

Fonte: Ego, www.ego.com.br