Acordo permite que a Polícia Civil do Piauí utilize laboratório da Polícia Federal em Brasília

Antes utilizados apenas em alguns casos específicos, a partir de agora, estará disponível para realização de todos os exames necessários para investigação policial.

O futuro secretário de Segurança, Fábio Abreu, fechou parceria com a Polícia Federal em Brasília. Durante a reunião, estiveram presentes o presidente da Associação Nacional dos Peritos (APCF), André Luiz da Costa e o diretor do Instituto Nacional de Criminalista (INC), Júlio César Kern.

Entre o acordo firmado, a polícia do Piauí poderá utilizar o laboratório de DNA da Polícia Federal, no Distrito Federal. Antes utilizados apenas em alguns casos específicos, a partir de agora, estará disponível para realização de todos os exames necessários para investigação policial.

"É um ganho para as nossas investigações. A polícia do futuro é técnico-científica. Quanto mais a criminalidade evolui, mais precisamos trabalhar com o desenvolvimento da polícia", alerta Fábio Abreu.

O secretário e os membros das instituições também trataram sobre curso para os peritos piauienses. "Em curto espaço de tempo, uma equipe da Polícia Federal vem ao Piauí para um intercâmbio com os profissionais da área. É uma ação conjunta que se forma em benefício da sociedade piauiense", salientou Abreu

Fonte: Ascom