Acusado de estupro de 7 crianças mantém-se calado durante depoimento

O Delegado Fernando Martins disse que o acusado compareceu a delegacia acompanhado de seu advogado e não quis responder nenhuma das acusações.

O comerciante Orlando João da Silva, 50 anos, preso na terça-feira (14), suspeito de abusar sexualmente de sete crianças entre 9 e 14 anos, no município de Marcolândia, manteve-se calado durante depoimento na Delegacia Regional de Simões.

O Delegado Fernando Martins disse que o acusado compareceu a delegacia acompanhado de seu advogado e não quis responder nenhuma das acusações.

Fernando Martins disse ainda que foram ouvidas cinco vítimas que confirmaram o envolvimento com o suspeito e informando nomes de outras crianças.

Segundo apurou a polícia, os menores disseram que mantinham relação com o comerciante e que recebiam dinheiro e doces.

 

Matéria relacionada

Comerciante é preso em Marcolândia acusado de pedofilia e estupro de sete crianças entre 9 a 14 anos

 

 

 

Fonte: Portal MN