Adolescente grávida perde bebê após ser atendida em pronto socorro

A jovem estava grávida de cinco meses

A família da jovem Nicole di Silvério dos Santos, de 15 anos, tenta entender o que causou sua internação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Irmã Dulce, em Praia Grande, no litoral de São Paulo. 

A jovem estava grávida de cinco meses e acabou perdendo o bebê após tomar uma injeção e começar a ter uma série de convulsões. Segundo a mãe da de Nicole, Vanessa di Silvério, os problemas começaram, quando Nicole foi até ao Pronto Socorro localizado no bairro Quietude, local onde era realizado seu pré-natal.

Adolescente grávida perde bebê após ser atendida em pronto socorro (Crédito: Reprodução)
Adolescente grávida perde bebê após ser atendida em pronto socorro (Crédito: Reprodução)


"Ela estava bem, foi até de bicicleta. Minha filha sofre de bronquite asmática e o médico solicitou que ela fizesse uma inalação e, em seguida, ela tomou uma medicação na veia. Foi então que ela reclamou de estar se sentindo mal, com a visão turva e pouco tempo depois ela começou a ter convulsões", afirma.

Nicole foi levada as presas para o hospital, onde foi direto para a UTI.

"Os médicos me disseram que alguns órgãos dela [Nicole] apresentaram problemas e o bebê não resistiu. Há pouco tempos tínhamos descoberto o sexo. Era uma menina e já tinha até nome: Vitória", lamenta a mãe da adolescente.

Agora, a família de Nicole pede justiça para os órgãos competentes e quer uma explicação para o que aconteceu.

Fonte: Com informações do G1