Aeronáutica identifica manchas de óleo e sinais metálicos

Os sinais metálicos e manchas de óleo estão próximos do arquipélago de São Paulo e São Pedro

A Aeronáutica informou nesta terça-feira que seus radares identificaram manchas de óleo e sinais metálicos a 720 km de Fernando de Noronha (PE). A Aeronáutica avalia a possibilidade desses sinais serem destroços do avião da Air France que desapareceu domingo no tajeto Rio-Paris.

No entanto, a Aeronáutica informou que a confirmação só poderá ser feita amanhã, com a chegada de navios ao local.

Os sinais metálicos e manchas de óleo estão próximos do arquipélago de São Paulo e São Pedro. O local coincide com o relato de um piloto da TAM, que disse ter avistado sinais amarelos (que poderiam ser fogo) nessas imediações.

O voo AF 447 decolou por volta das 19h de domingo (31) do aeroporto do Galeão (Tom Jobim, no Rio) e deveria pousar no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, por volta das 11h local de segunda (6h de Brasília).

Em nota, a empresa afirma que a aeronave "cruzou uma zona com forte turbulência" por volta das 23h (horário de Brasília) e enviou alerta automático sobre problemas no circuito elétrico às 23h14.

O avião tinha 228 pessoas a bordo. Dessas, 216 eram passageiros e 12 eram tripulantes.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br