Aeroporto vive clima de tranquilidade

Aeroporto vive clima de tranquilidade

Quem esteve no aeroporto pode constatar uma movimentação bem mais amena de final de ano

A cena foi de um lugar tranquilo. Ontem pela manhã, quem esteve presente no aeroporto de Teresina, Senador Petrônio Portela, pode constatar uma movimentação bem mais amena de final de ano.

Mesmo estando em cima da hora, muitos passageiros já viam o momento de embarcar e aguardar a tão esperada virada de ano ao lado dos parentes e amigos mais distantes.

Lúcia Quitéria, funcionária pública, já estava de malas prontas para ir rumo a Florianópolis e poder ficar mais perto dos amigos. ?Já estou bem perto de embarcar, então espero que este réveillon seja mais tranquilo, alegre e traga tudo de bom para nós todos?, esclarece a funcionária que atualmente mora em Teresina.

O geofísico Tiago Torres, que já ia embarcar em 10 minutos para o Rio de Janeiro, esperava que fosse contar com maiores tumultos no local. ?Todo ano venho para cá e sempre é uma complicação, mas hoje, ao contrário do que esperava, está mais tranquilo. O meu voo também está vazio, vai dá para voltar pra casa bem melhor?, frisa Tiago.

Todavia quem ainda espera por pacotes de viagem mais em conta este período pode ter um pouco mais de dificuldade. ?Na realidade, agora, até para viajar está impossível, pois não tem mais nada mesmo.

Nós agora só estamos administrando o que já foi vendido. Quem deseja comprar ainda seu passaporte, sem descontos, pode pagar R$4 mil ou R$5 mil por toda a viagem?, explica Adalberto Rodrigues, gerente de vendas.

Ainda de acordo com o gerente, todos os pacotes foram totalmente preenchidos, portanto, quem planeja viajar deve esperar a nova disponibilidade de voos, que só estará aberta a partir do dia 05 de janeiro.

A funcionária pública Lúcia, já estava ciente desta lotação e coloca que na hora de preencher o seu check- in pode perceber esta realidade.

Nas férias, cuidados devem ser redobrados

Neste período de férias, também é importante que os pais fiquem atentos a certos cuidados dentro de casa. Isso porque as crianças devem passar maior parte do tempo em casa e os riscos de acidentes podem ser maiores. Nas viagens, a atenção também deve ser redobrada.

A primeira recomendação é quanto aos equipamentos elétricos. Além de ser importante não deixá-los ligados ou em modo stand by, é preciso também manter as tomadas destes aparelhos protegidas.

"O certo é proibir a presença das crianças perto destes dispositivos e comprar um aparelho de proteção a estes locais", comenta o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros, Coronel Santos.

Quando estiver utilizando o fogão, a dica é sempre deixar o cabo de qualquer panela virado para o eletrodoméstico, para que assim, a comida ou qualquer líquido que esteja quente não venha cair sobre a criança. Nestes casos, saber usar corretamente o botijão de gás também é muito importante.

Durante uma viagem, os cuidados quanto à documentação da criança e os dispositivos de segurança também devem ser levados em conta. No litoral, a preocupação dos pais deve ser no sentido de colocar uma identificação na criança, caso algum desaparecimento possa acontecer nos locais.

O coronel ainda indica que a corporação estará presente até janeiro nas praias do estado para auxiliar na segurança e orientar os banhistas e turistas. "Nesta operação, a corporação também estará fazendo a entrega de folhetos e esclarecendo sobre casos de incêndio, envenenamento e afogamentos", frisa o comandante.(V. S. e T. C.)

Fonte: Thauana Cavalcante