Agências bancárias sem licença ambiental são interditadas em Maceió

Além delas, outras 63 já foram notificadas e estão na mira do órgão

Onze agências bancárias situadas na Rua do Sol, no Centro de Maceió, serão interditadas, ao longo da manhã desta quarta-feira (18), pela Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente (Sempma). O motivo da interdição é a falta de licenciamento ambiental. Além dessas agências, as outras 63 existentes na capital já foram notificadas e estão na mira do órgão fiscalizador.

Além da Sempma, também participam da operação para interdição das agências bancárias nesta quarta a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) e a Guarda Municipal. Dos 11 estabelecimentos, quatro são públicos e 8 são privados.

Segundo a assessoria de comunicação da Sempma, todas as agências bancárias já foram notificadas e, como não atenderam às exigências para regularização, serão interditadas. Será aplicada uma multa e um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) deve ser assinado para que os bancos possam fazer os ajustes junto ao órgão ambiental.

Segundo o secretário Municipal de Proteção ao Meio Ambiente, David Maia, a multa para as agências que têm mais de 5 anos de funcionamento é no valor de R$ 273 mil. A expectativa é que, nos próximos dias, as outras agências que não possuem licenciamento também sejam fechadas em Maceió.

Apesar das interdições, os terminais de autoatendimento continuam funcionando.

Image title

Fonte: Gazeta Web