Agespisa anuncia reajuste de 9,3% na tarifa de água em Teresina

Em 2014, o reajuste total foi de 2,56%

A partir de 1º de julho deste ano, a tarifa de água e esgoto cobrada pela Agespisa terá reajuste de 9,3%, índice feito com base na metodologia de cálculos definida no Contrato de Programa entre a empresa e a Prefeitura de Teresina.

Com o aumento, a tarifa residencial para consumo de até 10 mil litros de água por mês passará dos atuais R$ 21,42 para R$ 23,41. Nesta categoria, são 392 mil ligações, que representam mais da metade do total de clientes da Agespisa. Em 2014, o reajuste total foi de 2,56%, abaixo da inflação daquele ano, que foi de 6,41%.

A tarifa social, que beneficia mais de 30 mil famílias, passará de R$ 9,40 para R$ 10,27. Para as demais faixas de consumo e as ligações comerciais, industriais e públicas, a majoração obedece à tabela abaixo.

“Considerando o reajuste da tarifa em 2014 de 2,56% e os 9,3% agora em 2015, a soma desses reajustes (de 11,86%) ainda fica menor do que a inflação medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) nos últimos dois anos, que é de 15,42%”, justifica Raimundo Trigo, presidente da Agespisa.

O aumento com energia elétrica foi uma das principais despesas apresentadas pela Agespisa para justificar o pedido de aumento junto à Arsete (Agência Municipal de Regulação e Serviços Públicos de Teresina).

No mês passado, a conta de energia da Agespisa foi de R$ 3,6 milhões, cerca de 50% maior do que a de maio de 2014. A segunda maior despesa da empresa é com produtos químicos utilizados no tratamento da água, cujo aumento verificado no último ano ficou em torno de 30%.

Fonte: Jornal Meio Norte