Alerta: Casos de dengue aumentam 48% nos primeiros 20 dias do ano

Os dados são do Ministério da Saúde.

Apenas nas três primeiras semanas deste ano, o número de casos notificados de dengue disparou e já chega a 73 mil registros no país, um aumento de 48% em relação ao mesmo período do ano passado, quando havia 49 mil casos.

Ao todo, 15 Estados tiveram aumento nos casos de dengue nos primeiros 20 dias de 2016 em comparação ao mesmo período de 2015, ano em que foi registrada a pior epidemia da doença no país.

Os dados, que fazem parte de novo balanço do Ministério da Saúde, reforçam a avaliação de que a dengue têm preocupado mais cedo a cada ano.

Historicamente, o auge dos casos de dengue ocorre próximo a abril. No último ano, porém, o aumento começou a ser registrado desde outubro e disparou nos primeiros dias deste ano.

Casos de dengue espalhados no Brasil (Crédito: Reprodução)
Casos de dengue espalhados no Brasil (Crédito: Reprodução)


Os casos são informados ao Ministério da Saúde por municípios e Estados, após atendimento de pacientes nas unidades de saúde. A doença é diagnosticada por exames clínicos.

Para o infectologista Carlos Magno Fortaleza, professor da Unesp, o alto número de casos mais cedo aponta a possibilidade de uma epidemia de grandes proporções neste ano.

"Isso mostra uma epidemia que não está no início, mas que, em janeiro, já está de vento em popa", afirma.

Ele considera que o período de comparação, porém, ainda é curto para dizer se a situação será pior do que em 2015, quando o país registrou mais de 1,6 milhão de casos em todo o ano.

Um dos Estados com maior número de casos é Minas Gerais, que já registra 19 mil notificações de dengue somente nas três primeiras semanas de 2016. Eram 2.977 no mesmo intervalo de 2016.

São Paulo, por sua vez, teve uma leve queda nos registros neste mesmo período: passou de 24 mil para 18 mil. Ainda assim, o Estado, um dos maiores afetados pela epidemia no último ano, já é o segundo em número de casos.

Uma das cidades que registra aumento de casos de dengue é a capital paulista. Lá, o número de casos confirmados da doença teve aumento de 40% nas três primeiras semanas deste ano em comparação ao mesmo período de 2015, segundo dados da prefeitura.

Fonte: Folha