Alunos do Piauí recebem medalhas de ouro na 11ª edição da Obmep

Foram 2 medalhas para uma escola de Parnaíba e Cocal dos Alves.

O Piauí conseguiu obter mais duas medalhas de ouro pelo desempenho na 11ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas, a Obmep. A competição tem como objetivo estimular o estudo da matemática e revelar talentos na área.

Nesta edição, Kevin Monteiro de Miranda ficou com a medalha de ouro, da Unidade Escolar Polivalente Lima Rebelo, localizada no município de Parnaíba. O aluno José Márcio Machado de Brito, do Ensino Médio Augustinho Brandão, de Cocal dos Alves também ganhou a medalha de ouro na competição.

Sob o incentivo da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), os estudantes da rede pública estadual têm apresentado, ao longo dos anos, bons retrospectos na Olimpíada de Matemática. Na 10ª Obmep (2014), a Escola Augustinho Brandão ficou entre as que conquistaram o maior número de prêmios no país.

Para a diretora da escola Aurilene Vieira, o resultado é extremamente positivo.  Segundo ela, a escola continuará investindo com dedicação, trabalho e foco no aluno. "Encaro os resultados da melhor forma possível, pois mostra que o Piauí está no caminho certo e quem sabe um dia teremos muitas escolas no nosso estado e que virão promover a educação de qualidade aos nossos alunos que tanto necessitam", destaca.

Na última segunda-feira (14) aconteceu a entrega das premiações e conquistas nas olimpíadas da Mostra Brasileira de Foguetes, Matemática Sem Fronteiras e Canguru de Matemática. Somente na Obmep 2015 foram registradas 23 participações na segunda fase e 22 premiações; 1 ouro, 5 pratas, 9 bronzes e 7 menções honrosas. O aluno José Márcio Machado de Brito, estudante do 3º ano do Ensino Médio, acumula quatro ouros e dois bronzes nesta competição.

Acontecendo anualmente, a Obmep atingiu, em 2015, um novo recorde do número de escolas e municípios participantes. Na 11ª edição da Olimpíada, foram inscritas 47.582 escolas de 5.538 cidades, ou seja, 99.48% dos municípios de todo o país tem escolas com alunos fazendo as provas da competição.

Fonte: Ascom