Amigos famosos prestam última homenagem e se emocionam no velório de José Wilker no Rio

Amigos famosos prestam última homenagem e se emocionam no velório de José Wilker no Rio

O caixão com o corpo do ator foi posicionado em cima do palco, cercado por flores, fotos e quadros

Depois de uma madrugada com fãs e amigos prestando homenagem a José Wilker, no Teatro Ipanema, onde acontece o velório na Zona Sul do Rio, a manhã de domingo, 6, começou com emoção entre aqueles que também querem se despedir do ator e diretor, morto no sábado, 5, vítima de um infarto. A namorada de Wilker, a jornalista Cláudia Montenegro, voltou ao local do velório por volta das 7h, mas preferiu não se pronunciar.

O caixão com o corpo do ator foi posicionado em cima do palco, cercado por flores, fotos e quadros que reproduzem cartazes de suas peças. No chão, aos pés do caixão, foi colocada uma bandeira do Flamengo. Também conhecido por sua elegância e estilo, Wilker foi vestido com terno, gravata, calça jeans e um tênis rosa All Star.

Logo pela manhã, coroas de flores enviadas pelo apresentador Fausto Silva, pelo diretor Wolf Maya e pelo prefeito Eduardo Paes foram entregues no teatro. Entre os primeiros amigos a chegar ao local, Felipe Camargo falou sobre Wilker. "Ele era o nosso Jack Nicholson e, do jeito que ele gostava de trabalho, já devem ter arrumado uma coisa pra ele no lado de lá. Estive com Wilker faz três semanas e ele estava bem. São coisas que acontecem", contou o ator na calçada do Teatro Ipanema.

O casal Glória Pires e Orlando Morais também passou por lá para dar seu apoio à família do ator. Em sua chegada ao teatro, a atriz Betty Faria falou sobre o companheiro de cena em "Bye, bye, Brasil". "Fiquei surpresa. Ele saiu de cena muito rápido. Deixa a saudade, a falta da companhia dele, da risada dele, da cultura e do calor humano", lamentou.

Emocionado, Genésio de Barros - que esteve com Wilker na novela "Amor à vida" - falou que levou um susto ao saber da morte do ator: "Falei com ele por telefone, era um arteiro, um moleque que vai deixar saudades. Fizemos novelas juntos e pra mim foi um choque." Paula Braun, que também fez parte do elenco da trama, foi se despedir do ator.

Stepan Nercessian ainda não aceita a morte de Wilker. "É inacreditável para muita gente que ele morreu. Wilker foi surpreendente a vida toda e a morte foi tão surpreendente como a vida dele. Não podia ser diferente. Tivemos uma amizade intensa. Começamos juntos e comemorávamos juntos nossos anos de carreira. Foi um amigo que me marcou muito. A Claudia, mulher dele, me disse agora: "Quantas histórias ne?". Ele resolveu ser protagonista dele", comentou o ator.

Durante a manhã, mais amigos foram chegando, como Cacá Diegues, Luiz Carlos Barreto, Claudia Abreu e o marido, José Henrique Fonseca, Gracindo Jr., Milton Gonçalves, Cleo Pires e Rômulo Neto. "Ele deixa uma história bonita. É um orgulho que tenho pela minha profissão e que todos os atores devem se orgulhar. A última vez que falei com ele foi há dois anos quando dei um depoimento sobre o meu pai para o filme que ele fez sobre ele", contou Grancido Jr..

A atriz Beth Goulart, que recentemente passou pela dor de perder o pai, o ator Paulo Goulart, se juntos aos amigos de Wilker. "Cheguei de viagem ontem e soube da notícia. Não poderia deixar de dar minha solidariedade. Era um ator que conhecia muito bem a alma humana. Nossos filhos são amigos e demonstrar solidariedade e afeto nessas horas é muito importante. Mariana (filha mais velha dele) me mandou um email lindo após a morte do meu pai. O que ficou é o ensinamento", disse.

Stenio Garcia foi acompanhado da mulher, Marilene Saade. "Estava na academia quando ouvi as pessoas falando que ele tinha morrido. Wilker tinha a capacidade de nao passar despercebido em nada. Ele estava ótimo há 20 dias, com uma vitalidade incrível e cheio de projetos. Vai ficar marcado na minha vida", contou o ator. "Ele era um cara preocupado com a saúde. Ele nos encontrou, viu a gente tomando Coca zero e brincou dizendo que isso não era ayurvédico", lembrou Marilene.

Intérprete do personagem Beiçola em "A grande família", Marcos Oliveira chegou bastante comovido pela perda do colega de profissão. Permaneceu em prece silenciosa durante quase meia hora em que esteve no local e deu uma breve declaração. "Não eramos amigos próximos, vim aqui prestar uma homenagem. Sou um admirador dele e nunca tive o prazer de contracenar com ele. Gostava do trabalho, era uma inspiração".

No início da tarde, Lecy, que trabalhava na casa de José Wilker, foi ao velório. Muito emocionada, a funcionária chorava bastante e foi amparada pela namorada do ator, Cláudia Montenegro, e ganhou o carinho de Mônica Torres e Isabel Wilker - ex-mulher e filha dele. Além dela, também chegaram Vera Holtz e a ex-mulher dele Renée de Vielmond, mãe da filha mais velha dele, Mariana. "O Zé para mim é uma pessoa eterna. É uma presença constante na nossa vida. Sempre manteve o humor e foi um homem de opinião. Estávamos preocupados com o rumo que a vida estava tomando. O que fica do Zé é que ele volte logo. Ate já, Zé!", disse Vera.

José Bonifácio de Oliveira, o Boni, contou que foi ele que levou Wilker para trabalhar na Globo. "Amigos são muito importantes. Na minha idade começo a perdê-los. Todos os trabalhos dele são importantes", comentou ao chegar ao teatro. Marcelo Serrado também quis dar seu último adeus ao colega: "Era um cara ligado nos amigos, preocupado com eles. Iríamos nos encontrar segunda-feira porque ele ia voltar a dirigir. Foi um grande diretor e lembro que quando era novo tinha um certo medo dele". Arlete Salles falou sobre Wilker: "Morreu lindamente. Ele nos deixou boas lembranças. Emprestou a marca dele que é a qualidade. Deixa saudades".

José Wilker sofreu um infarto em apartamento na Zona Sul do Rio

No sábado, 5, José Wilker, de 69 anos, sofreu um infarto e não teve tempo de ser socorrido. Uma ambulância do Hospital Samaritano foi chamada, mas ao chegar à casa da namorada do ator, onde ele estava, Wilker já havia morrido.

A notícia da morte de Wilker pegou amigos e parentes de surpresa. Logo em seguida, famosos começaram a lamentar a perda em redes sociais e a filha do ator, Isabel Wilker - fruto de seu relacionamento com Mônica Torres - desabafou em seu perfil no Facebook. "Só tenho amor, muito amor, e agora saudades, sempre. Obrigada a todos pelo carinho", escreveu ela. Wilker também deixou mais uma filha, Mariana, fruto de sua relação com a atriz Renée de Vielmond. Antes de sua morte, o ator estava preparando a festa de aniversário de 34 anos de Mariana.





























Fonte: EGO