Após apagão em parte do país, Itaipu diz que opera normalmente

Em Minas Gerais, houve blecaute total nas regiões do Triângulo Mineiro e da Zona da Mata

A usina de Itaipu informou, em sua página oficial no Twitter, que após o blecaute que atingiu parte do país voltou a operar normalmente às 6h desta quarta-feira (11) e que não registrou nenhum tipo de pane em suas instalações. Indícios apontam para falha na transmissão entre o Paraná e São Paulo, segundo a usina. A transmissão é responsabilidade de Furnas.

O blecaute atingiu em diferentes proporções ao menos dez estados.

A região mais afetada foi a Sudeste. Os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo ficaram totalmente sem luz.

Em Minas Gerais, houve blecaute total nas regiões do Triângulo Mineiro e da Zona da Mata, mas em partes de Belo Horizonte a luz não caiu durante a noite. O apagão também afetou o interior do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, o interior da Bahia e partes de Pernambuco. Do outro lado da fronteira, o Paraguai, que também recebe energia de Itaipu, ficou às escuras, em consequência do que usina chamou de "efeito dominó".

Segundo a usina, por volta das 6h40, 18 das 20 unidades geradoras produziam energia para o Brasil e o Paraguai.

"Desligamento completo"

Em entrevista coletiva em Brasília, o ministro Edison Lobão afirmou que "houve um desligamento completo de Itaipu". "Uma linha de transmissão caiu e determinou a queda de outras", disse ele. Lobão avaliou que não é possível afirmar, com certeza, o que causou a falha no fornecimento de energia elétrica. Entretanto, segundo ele, o problema teria sido provavelmente causado por "fatores atmosféricos", como "tempestades de grande intensidade".

Fonte: g1, www.g1.com.br