Após atacarem duas pessoas, pitbulls são abatidos a tiros

Após atacarem duas pessoas, pitbulls são abatidos a tiros

Pitbulls são mortos após atacarem carroceiro

Dois cães da raça pitbull foram mortos a tiros nessa quinta-feira (4) em Corumbá, distante 444 quilômetros de Campo Grande. Os dois pitbulls ? um macho e uma fêmea ? estavam soltos na rua quando atacaram e morderam um carroceiro e um cavalo.

Quem viu a cena conta que os cães perseguiram o cavalo e o carroceiro por cinco quadras. Depois disso, eles entraram em uma vila. A dona de casa Mônica Sant"ana conta que os cachorros ficaram nos fundos da vila.

"Os cachorros ficaram acuados no final da rua e nós ficamos aguardando a polícia chegar para poder tirar eles, para ver o que eles poderiam fazer. [Os cães] não atacaram ninguém, não estavam latindo, eles ficaram no canto e permaneceram lá", relata

O professor Gilson Sant"anna disse que, quando a Polícia Ambiental chegou, os cachorros estavam no fundo da vila e deram dois tiros. "Um acertou um cachorro e o outro não. Esse [cão] que escapou correu para o portão da vila e foi abatido pelos policiais que estavam na entrada. [Ao todo], foram três tiros".

Alguns moradores recolheram dois projéteis de pistola calibre .40, usada pelos policiais. As carcaças dos animais foram recolhidas por servidores do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).

Segundo a Polícia Militar, o abate de animais é amparado por lei quando eles representam risco à sociedade. A polícia informou que os PMs atiraram nos cães porque os animais tentaram atacá-los.

O carroceiro teve ferimentos leves e foi levado para o pronto-socorro, onde tomou vacina antirrábica e foi liberado.

Fonte: G1