Após manutenção, smartphone explode e incendeia carro nos EUA

Bombeiros foram chamados para acabar com o fogo

Poucos dias após uma empresa sul-coreana anunciar um recall mundial de seu novo smartphone por problemas na bateria que poderia explodir, um americano foi vítima da falha. 

Morador de São Petersburgo, na Flórida (EUA), Nathan Dornacher deixou o aparelho recém-comprado dentro do carro, carregando, quando ele apresentou um problema e fez seu veículo, pegar fogo. Imagens do carro em chamas foram divulgadas pelo dono em uma rede social, que se mostrou indignado com a situação.

Nathan, a esposa e a filha pequena haviam voltado de um passeio e estavam descarregando equipamentos da mala do carro, enquanto o aparelho carregava perto do banco do motorista. Em certo momento, a família entrou em casa. Pouco tempo depois, o carro já estava em chamas.

Após manutenção, smartphone explode e incendeia carro nos EUA (Crédito: Reprodução)
Após manutenção, smartphone explode e incendeia carro nos EUA (Crédito: Reprodução)


Bombeiros foram chamados para acabar com o fogo. O homem lamentou o ocorrido, mas agradeceu que nada pior aconteceu. "Estamos a salvos. Ninguém se feriu. Isso é o que importa para mim", escreveu no Facebook, onde publicou imagens de seu celular "torrado".

Após manutenção, smartphone explode e incendeia carro nos EUA (Crédito: Reprodução)
Após manutenção, smartphone explode e incendeia carro nos EUA (Crédito: Reprodução)


Os bombeiros ainda não confirmaram o que causou as chamas, mas a empresa emitiu uma nota dizendo que já tomou conhecimento do caso. "Estamos trabalhado com o Sr. Dornacher para investigar o caso dele e assegurar que faremos tudo por ele. A segurança do consumidor é a prioridade número".

Após manutenção, smartphone explode e incendeia carro nos EUA (Crédito: Reprodução)
Após manutenção, smartphone explode e incendeia carro nos EUA (Crédito: Reprodução)


A empresa  recebeu diversos relatos de problemas com a bateria, que vinha a pegar fogo. Por isso, a empresa sul-coreana determinou um recall do produto no mundo todo. 

Fonte: Com informações do Extra