Após morte de idosa, moradores do Dirceu II pedem fotossensores e a presença da Strans

Após morte de idosa, moradores do Dirceu II pedem fotossensores e a presença da Strans

Os motoqueiros são os que mais desrespeitam os sinaiS

Na Avenida das Hortas, no bairro Dirceu II, há vários pontos de riscos de acidentes. Os dois sinais que serviriam para organizar o trânsito comprovadamente não são respeitados.

O sinal vermelho não é obedecido por muitos, o que torna inevitável a ocorrência de colisões. ?As ocorrências se dão principalmente à noite. Aqui, nem polícia para?, disse uma moradora do bairro.

Os motoqueiros são os que mais desrespeitam os sinais. ?O pessoal dos carros não respeita o sinal e nem quem usa bicicletas?, reclama o ciclista Rafael, ao afirmar que quem mais desrespeita o trânsito são os motoqueiros.

?Com medo dos acidentes, a gente leva às vezes, meia hora para atravessar?, disse a horticultora conhecida por Dona Maria.

Na mesma avenida, a velocidade dos veículos é outra situação que mostra a imprudência dos motoristas.

O trecho, terminou por fazer uma vítima na semana passada. Dona Maria dos prazeres morreu atropelada por motoqueiros quando estava na faixa de pedestres. ?Eu sinto que ele tinha que ver que a condição do pedestre e do idoso tem que ser respeitada. Ele não respeitou os carros parados e assumiu a intenção de matar a minha mãe, ele é um assassino!?, disse o radialista Ricardo Campos, filho da vítima.

Como a faixa não é respeitada, os moradores pedem a instalação de fotossensores e a presença constante da Strans.

Fonte: Denison Duarte