Apresentador faz piada com ameaça de morte que recebeu

Extremista sugeriu a seguidores que cortem a língua do apresentador.



O apresentador David Letterman fez piada com a ameaça de morte que recebeu de um extremista muçulmano na semana passada. A brincadeira foi durante o programa desta segunda-feira (22).

"Eu gostaria de receber um tostão para cada vez que alguém ameaça cortar [minha língua]", disse. E ainda listou uma série de pessoas que o "odeiam": "Al Qaeda; Sarah Palin; Donald Trump; Jay Leno; a equipe do "Late Show"; o público em casa; canadenses"...

Segundo informações do jornal "The New York Post", no entanto, a segurança do teatro em que o show é realizado foi melhorada.

Ameaça

Na semana, um militante extremista conclamou seus seguidores a matar e cortar a língua de Letterman por causa de uma piada feita em seu programa. O autor teria se irritado ao ver Letterman passar o dedo sobre a garganta ao se referir a Ilyas Kashmiri, dirigente da Al Qaeda morto em junho num bombardeio no Paquistão.

"Cortem a língua desse judeu rasteiro e fechem (sua boca) para sempre", disse o autor da ameaça no site Shumukh al-Islam, segundo tradução do SITE. Letterman, apresentador de um popular programa de entrevistas nos EUA, não é judeu. O FBI disse estar levando a ameaça a sério.

Fonte: g1, www.g1.com.br