Arcebispo de Teresina visita internos da penitenciária Irmão Guido

Dom Jacinto Brito esteve na penitenciário e rezou com os internos

O arcebispo de Teresina, Dom Jacinto Brito, visitou na tarde dessa quarta-feira (08) a penitenciária Irmão Guido. Na companhia do secretário estadual de Justiça, Daniel Oliveira, o arcebispo conversou e rezou com os internos que se encontram privados de liberdade. 

“Assumimos o compromisso de promover a evangelização nas unidades prisionais do Piauí. Acreditamos que a ressocialização se baseia na fé, na educação e no trabalho. As penitenciárias estão de portas abertas para receber representantes de todas as religiões, que tenham interesse em levar uma mensagem de esperança para os internos”, destaca o secretário estadual de Justiça, Daniel Oliveira.

Durante a visita ao pavilhão A, Dom Jacinto agradeceu pela oportunidade e disse que há muito tempo tinha vontade de entrar no presídio. “Ainda não tinha tido a oportunidade de entrar no presídio. Agradeço ao secretário por isso. Esses homens são ovelhas do nosso rebanho, que estão numa situação especial. É muito bom poder vir ao encontro deles. É meu dever de pastor e de representante da Igreja trazer a mensagem de Jesus”, diz o arcebispo de Teresina.

Representantes da Pastoral Carcerária, coordenada pelo diácono Paulo Weidson, também estavam presentes na visita. O grupo realiza um trabalho semanal nesta unidade, onde distribuem livros e roupas.  Na semana passada, os internos da penitenciária Irmão Guido também tiveram um momento para confissões com o padre Wellistony Viana. Na Casa de Custódia de Teresina, foi realiza, no mês passado, a primeira missa dentro de um pavilhão.

“Iniciamos a evangelização no pavilhão A da Casa de Custódia. Foi um momento de muita fé e oração. Agora, queremos estender aos demais pavilhões porque acreditamos que a fé move montanhas. Temos que ter em mente que os reeducandos não são presos, eles estão presos e, com fé e o apoio da família, não reincidirão no mundo do crime”, comentou o secretário Daniel Oliveira. 

Fonte: Assessoria