Argentina oferece ajuda humanitária ao Brasil

Governo do país vizinho diz que pode enviar equipes para ajudar as regiões atingidas

O governo da Argentina ofereceu ajuda humanitária ao Brasil após as chuvas e inundações que devastaram regiões de Alagoas e Pernambuco, provocando pelo menos 50 mortes e evacuando mais de 100 mil pessoas.

A Chancelaria do país de Cristina Kirchner, através de um comunicado divulgado na quinta-feira (25), informou que colocou "à disposição das autoridades brasileiras a ajuda imediata e os elementos que se estime necessários prover para assistir aos prejudicados pelas enchentes".

O Ministério das Relações Exteriores argentino assinalou que ofereceu à nação vizinha uma equipe de técnicos especialistas no "Sistema de Gerenciamento de Suprimentos Humanitários [SUMA]".

Além disso, foi disponibilizado um grupo "de profissionais em contenção psicossocial pós-traumática para o trabalho com os efetivos das equipes de resposta e dos sistemas de saúde e educação".

De acordo com o comunicado, a Argentina ofereceu ainda um hospital de campanha de rápida implantação para apoiar o trabalho do sistema de saúde local.

No total, o número de vítimas fatais das fortes chuvas é de 34 em Alagoas e 17 em Pernambuco, sendo que há 76 pessoas desaparecidas. Cerca de 87 municípios nordestinos foram afetados pelo mau tempo e 26 decretaram estado de calamidade pública. Também há 30 localidades pernambucanas em situação de emergência.

A diplomacia argentina já havia oferecido ajudas ao Brasil em abril, quando um dos temporais mais fortes dos últimos 40 anos no Rio de Janeiro deixou pelo menos 200 mortos.

Fonte: R7, www.r7.com