Artistas prestam homenagem a Michael Jackson em cerimônia em Los Angeles

Para plateia presente no ginásio, ele deu início a cerimônia lendo mensagens escritas por Diana Ross e Nelson Mandela

Artistas e amigos de Michael Jackson homenageiam o cantor em uma cerimônia realizada nesta terça-feira (7) no Staples Center, em Los Angeles. A cerimônia foi aberta com a fala do cantor Smokey Robinson.

Para plateia presente no ginásio, ele deu início a cerimônia lendo mensagens escritas por Diana Ross e Nelson Mandela. "Michael era um amigo íntimo, uma parte preciosa da minha vida", afirmou a cantora Diana Ross, no comunicado lido por Robinson.

A homenagem ao astro pop começou minutos depois do corpo do cantor chegar ao ginásio. Após o discurso inicial de Robinson, a cerimônia foi interrompida e, de acordo com a rede CNN, a paralisação foi motivada por problemas no áudio do ginásio.

Minutos depois, a cerimônia foi restabelecida, com o coral gospel de Andraé Crouch cantando a música "We Are Going to See the King", enquanto o caixão que transporta o corpo de Jackson era levado para a frente do palco.

O pastor Lucious Smith, amigo da família, ressaltou em discurso o aspecto familiar do artista, como filho, irmão e pai.

"Ele nunca irá para sempre. Até que nós lembremos dele, ele estará lá para nos confortar", afirmou Smith. "Michael fez muito para curar esse mundo. Que esse momento seja um momento de cura, de música, um momento de amor e conforto para todos os que amaram nosso amigo."

A primeira artista a cantar durante a cerimônia foi Mariah Carey, que entrou no palco ao som dos acordes iniciais de "I"ll Be There". Durante a música, entrou no palco o cantor Trey Lorenz, que terminou a canção ao lado de Mariah.

A próxima a entrar no palco foi Queen Latifah, que em seu discurso disse estar ali representando todos os fãs que acompanharam a trajetória do artista.

Lionel Ritchie foi o convidado seguinte. Ele entrou no palco e cantou a música "Jesus in Love".

Berry Gordy, fundador da gravadora Motown, foi o próximo a discursar. Em uma longa fala, ele disse que Michael Jackson amava tudo e todos, especialmente seus fãs.

"Posso dizer que ele tinha duas personalidades: fora dos palcos, era uma pessoa tímida. Mas quando subia ao palco, virava outra pessoa... era um mestre", disse.

Gordy terminou seu discurso dizendo que o título de "rei do pop" não é grande o suficiente para Michael Jackson. "Ele foi maior "entertainer" que já existiu."

Na sequência, um telão instalado no Staples Center mostrou um breve vídeo, mas com muitas imagens do cantor em vídeo clipes e shows.

Amor

Em seguida, entrou no palco o cantor Stevie Wonder, que fez um breve e emocionado discurso antes de começar a tocar "I Never Dreamed You"d Leave in Summer" . "Eu amo você, Michael, e já te falei isso várias vezes", disse.

Os próximos a entrar no palco e prestar sua homenagem ao artista foram o jogador de basquete Kobe Bryant e o ex-jogador Magic Johnson. "Estamos aqui para celebrar a vida e o legado deixado por Michael", disse Johnson.

A performance seguinte foi musical, a música "Will You Be There", cantada pela atriz e cantora Jennifer Hudson, acompanhada por alguns dançarinos.

Nada de estranho

Falando como se estivesse em um sermão, o reverendo All Shaptom, amigo da família, defendeu o cantor e ressaltou sua suposta importância para questões raciais e sociais nos Estados Unidos.

"Obrigado, Michael, porque você nunca parou, porque você nunca desistiu, porque acabou com as nossas divisões, por ter nos dado amor, esperança", afirmou. "Eu gostaria de dizer algo para os três filhos [do cantor]: não há nada de estranho com seu pai. Estranho foi o que ele teve de enfrentar."

Após o pronunciamento do reverendo, John Mayer se apresentou tocando "Human Nature".

Brooke Shields foi a próxima a dar sua declaração, dizendo que ela e Michael precisaram agir como adultos muito cedo, mas juntos eram "duas crianças se divertindo".

"Smile" foi a canção interpretada por Jermaine Jackson, que fez sua apresentação usando luvas brancas com aplicações de brilho, acessório que era uma das principais características do figurino de Michael.

Trajeto

O caixão banhado a ouro que transporta o corpo do cantor Michael Jackson, morto no último dia 25, chegou ao local após a realização da cerimônia privada no cemitério Forest Lawn Memorial Park Hollywood Hills.

Para chegar até o local da cerimônia em homenagem ao cantor, o cortejo percorreu cerca de 20 km.

Entre os famosos que irão participar da homenagem ao cantor pop no Staples Center então Stevie Wonder, Mariah Carey, Usher, Lionel Richie, Kobe Bryant, Jennifer Hudson, John Mayer e Martin Luther King 3º.

A empresa que organiza a cerimônia --a mesma que preparava a turnê que marcaria o retorno do cantor aos palcos-- sorteou 17.500 entradas para alguns fãs acompanharem o evento.

Mais de 1,5 milhão de pessoas se inscreveram no site do Staples Center para o sorteio e, no domingo (5), os vencedores foram notificados.

Já na noite de domingo começaram a aparecer dezenas de anúncios na internet oferecendo os ingressos sorteados. Na segunda-feira, o site de leilões online eBay.com oferecia mais de 80 lugares disponíveis, com preços variando de US$ 100 a US$ 1.000. O eBay anunciou, no entanto, que vai cancelar estes leilões.

Michael Jackson morreu no último dia 25, aos 50 anos, após sofrer uma parada cardíaca em casa.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br