Átila pede ""voto de confiança"" dos servidores grevistas

Átila pede ""voto de confiança"" dos servidores grevistas

O secretário garante que todas as demandas da categoria serão atendidas

O secretário de Educação do Piauí (Seduc), Átila Lira, lançou um apelo aos servidores da educação para que voltem ao trabalho. Lutando por reajuste salarial e melhores condições de trabalho, a categoria está em greve há duas semanas. Isso comprometeu o início do ano letivo no Estado.

?Nós reconhecemos as dificuldades que o Estado enfrenta, de salários inadequados, de condições físicas precárias, mas nós pedimos a todos que nos ajudem nessa tarefa de construir uma nova Educação?, diz o secretário.

Um ?voto de confiança? dos servidores. É o que pede o secretário. ?Nós pedimos que nos ajudem nessa tarefa de construir uma nova escola, de dar uma boa educação a esses jovens, a essas crianças que precisam da escola pública estadual.?

O secretário garante que todas as demandas da categoria serão atendidas. Tudo isso, porém, será feito gradativamente, dentro do plano de metas traçado pela Seduc.

A questão salarial será a primeira delas. Depois do Carnaval, ainda no mês de março, o Projeto de Lei (PL) que implementará o piso nacional dos professores no Piauí será enviado para a Assembléia Legislativa do Estado.

O PL prevê um reajuste de 15,8% nos vencimentos dos docentes da rede pública. Nacionalmente, o valor vai subir de R$ 1.024 para R$ 1.187 para professores de nível médio que cumprem carga horária de 40 horas.

Fonte: Assessoria