Drama familiar: Ator de Avenida Brasil foi queimado pela mãe e obrigado a trabalhar

Drama familiar: Ator de Avenida Brasil foi queimado pela mãe e obrigado a trabalhar

A tragédia com Amorim aconteceu porque a mãe queria provocar o marido.

A maioria das crianças do lixão, entre elas a pequena Rita (Mel Maia), na trama das nove, "Avenida Brasil", foi abandonada pelos pais e teve de viver do lixo.

Se isso já é bem dramático, o que aconteceu na vida do pequeno Jorge Amorim, que faz um dos filhos de Lucinda (Vera Holtz), é ainda pior: ele foi queimado com água quente pela mãe e obrigado pelo pai a trabalhar.

Mas pelo menos essa história teve um final feliz: ele, que hoje tem 13 anos, foi adotado por Sileia Inácia da Conceição, de 53 anos, uma mãezona que nunca mais deixou nada de ruim acontecer a ele.

"Ela é a minha mãe, quem me criou, deu o carinho que eu nunca tive. Sou muito grato pelo dia que a tia Sileia entrou na minha vida", conta o garoto.

A tragédia com Amorim aconteceu porque a mãe queria provocar o marido.

"Ela era usuária de drogas e tinha só 16 anos. O pai disse que, depois de ter queimado o menino, ela o levou para ele enrolado em uma toalha. E sumiu", conta a mãe adotiva do garoto.

Fonte: Agora São Paulo