Baleado em roleta russa morre no interior do São Paulo

As equipes médicas retiraram o fígado, o pâncreas, os rins e as córneas da vítima

O jovem de 14 anos baleado na cabeça durante uma brincadeira conhecida como roleta russa, em Votorantim, teve morte cerebral. A família decidiu doar os órgãos do adolescente.

As equipes médicas retiraram o fígado, o pâncreas, os rins e as córneas de Ricardo Mateus Laura de Paula. Seis pessoas vão receber os órgãos do adolescente. A morte cerebral foi diagnosticada depois de dois dias de internação.

Mateus foi atingido na cabeça por um tiro disparado por uma colega de 12 anos.

Fonte: g1, www.g1.com.br