Baleia de 4 m e quase 1 tonelada encalha no litoral

Baleia de 4 m e quase 1 tonelada encalha no litoral

Cerca de dez pessoas tentaram reintroduzi-lo na água, porém sem sucesso em virtude do peso do animal.

Por volta das 13h deste sábado (19) kitesurfistas identificaram uma baleia encalhada próximo ao Porto de Luís Correia na praia conhecida por Canto dos Vieiras, distante cerca de 10 quilômetros da Praia da Pedra do Sal em Parnaíba.

Os velejadores relataram que o animal ainda estava com vida e cerca de dez pessoas tentaram reintroduzi-lo na água, porém sem sucesso em virtude do peso do animal.

- Tentamos contato com o IBAMA e Corpo de Bombeiros, mas não conseguimos ? revelou o kitesurfista Vinícius.

Em virtude da maré baixa a baleia morreu pouco tempo depois, trata-se de um jovem macho da espécie Baleia-piloto de Peitorais Curtas que mede cerca de 4,10 metros e pesa cerca de 800 quilos. O cetáceo apresentava marca de arpão e algumas lesões em seu corpo em virtude do encalhe.







Ao serem informados sobre o óbito do animal, os biólogos do Projeto Tartarugas do Delta entraram em contato com a Aquasis que realiza a preservação de cetáceos nesta região para informar sobre a ocorrência. Conforme relatou ao Proparnaiba.com a coordenadora Técnica do Tartarugas do Delta, bióloga Werlanne Santana, após a análise das fotos da baleia, os técnicos da Aquasis confirmaram que se trata de um indivíduo monitorado pela entidade que havia encalhado no último final de semana na costa cearense.

A baleia foi reintroduzida no mar cerca de oito milhas da costa. O animal pode ter entrado em uma corrente marítima e por isso ter sido conduzido até o litoral do Piauí.

A equipe da Aquasis composta por biólogos e veterinários chega à Parnaíba na manhã deste domingo (20) para coletar material biológico que será levado para Fortaleza onde serão realizadas futuras análises. Os técnicos farão o enterro da baleia no local onde foi encontrada e posteriormente a carcaça será recuperada para estudos.

Nesses casos é importante a recomendação para que ninguém se aventure a alimentar-se da carne do animal, porque se ele encalhou deve estar com algum tipo de doença e o consumo configura forte risco de contaminação. Além disso, a baleia é protegida por Lei Federal e qualquer dano ao animal é crime ambiental penalizado com multa e até prisão.

Fonte: proparnaiba.com