Baratas são encontradas na merenda de escola em São Paulo

As baratas foram encontradas em meio à maçãs e pães.

Funcionários da Escola Municipal Angelino Sudário de Souza, na zona rural de Capão Bonito, interior de São Paulo, encontraram duas baratas na merenda escolar que é servida para os alunos. A mãe de uma dos estudantes, de nome Edélia Nunes, conta que a falta d'água na instituição também tem prejudicado o andamento das aulas.

“As crianças reclamam direto que não tem água para eles beberem, para escovar o dente. Eles têm que pegar o copinho e pegar do balde”, conta a dona de casa Edélia Nunes. que divide indignação com outra mãe. “Não tinha como usar o banheiro, é muita nojeira! Eu não queria colocar ele (filho) nessa escola mesmo”, afirma a outra mulher.

Em uma imagem que circula nas  redes sociais, as crianças da escola aparecem carregando o que parece ser um armário. Questionada sobre o episódio, uma funcionária, que não teve o nome divulgado, disse que os estudantes estavam 'ajudando' a professora. “Estavam ajudando a professora a levar o armário lá na sala onde eles iriam ficar. É uma sala que foi improvisada”, conta.

As baratas foram encontradas em meio à maçãs e pães. A secretária de Educação, Cláudia Miyamoto, garante que tomará todas as providências. 

“Conversaremos com a equipe gestora, porque isso é um procedimento não orientado pela gente. A criança está lá para aprender, nenhum deles é orientado a fazer esse tipo de trabalho ou professores. Iremos averiguar se houve falha de alguém, e, se for identificado o responsável por isso, todas as providências cabíveis serão tomadas.”, alegou.

Baratas encontradas na merenda
Baratas encontradas na merenda



Fonte: Com informações do G1