Bebê de 1 ano e 9 meses morre ao ser arremessado de caminhonete durante acidente

Bebê de 1 ano e 9 meses morre ao ser arremessado de caminhonete durante acidente

Mãe segue internada em Goiânia e pai teve apenas ferimentos leves.

A menina Analy Pires de Elias, de 1 ano e 9 meses, morreu em um acidente na GO-080, entre Nerópolis e Goiânia, na quinta-feira (16). Com o impacto, a criança foi arremessada para fora do veículo. Segundo a PM, a vítima viajava com os pais, Wederson Elias da Silva, de 27 anos, e Jéssica Pires Elias, de 21, que foram encaminhados ao Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo).

A Polícia Militar suspeita que a menina viajasse na cadeirinha, mas sem cinto de segurança. O casal seguia no sentido Goiânia em uma caminhonete quando o motorista perdeu o controle do veículo, capotou e só parou no canteiro central da rodovia.

Chovia no momento do acidente. Para a polícia, o mais provável é que a caminhonete tenha sofrido uma aquaplanagem, quando os pneus perdem contato com o asfalto devido ao acúmulo de água na pista.

Com ferimentos graves, a mulher foi socorrida pelo helicóptero do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu). Segundo o Hugo, a mãe da criança está internada na enfermaria da unidade de saúde, em estado regular. Ela sofreu uma fratura na coluna, mas não precisa de cirurgia até o momento.

O pai, que de acordo com a polícia, usava cinto de segurança, teve apenas ferimentos leves e não precisou ser internado.

No veículo, foi encontrada uma cadeirinha, mas o cinto de proteção estava intacto. "Elas [a mãe a criança] foram arremessadas para fora do veículo. Provavelmente pode ter ocorrido delas não estar usando cinto de segurança", afirma o major da PM, Marcelo Granja.

Parentes viajaram até o local do acidente, a cerca de 18 quilômetros da capital, para buscar os pertences das vítimas. Prima de Jéssica, Tatiana Silva estava inconformada com a perda. ?Menina assim muito alegre, a família muita alegre, filha única. Então não tem como, é inexplicável uma coisa dessas. Não tenho nem palavras?, lamentou.

Fonte: G1