Bebê recém-nascido é encontrado por um casal dentro de uma caixa de leite

Os vizinhos chamaram a polícia.


Bebê recém-nascido é encontrado por casal dentro de uma caixa de leite no RJ

Um bebê recém-nascido foi abandonado dentro de uma caixa de leite na madrugada desta quinta-feira (20) em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio. O menino foi encontrado ainda com o cordão umbilical na porta de uma casa no bairro Maria Joaquina. Os vizinhos chamaram a polícia. O bebê foi socorrido e levado para o Hospital Municipal Rodolfo Perissé, em Armação dos Búzios. O estado de saúde da criança é bom.

Na manhã desta quinta, o casal que encontrou o bebê, Luciana Lazarini e Carlos Elias Pinheiro, esteve no Hospital Rodolfo Perissé para uma visita. Quando receber alta, ele será disponibilizado para adoção. Em entrevista, Luciana disse que pretende adotar o bebê.

"Eu tenho três filhas mulheres e meu sonho era ter um menino. Vou pedir ao juiz para adotá-lo", disse ela, contando como o bebê foi encontrado.

"Meu marido acorda as 4h para trabalhar. Assim que acordamos, começamos a ouvir um barulho de choro. Então saímos de casa e vimos a caixa de leite na porta da casa da frente. Fomos até lá e encontramos o bebê. Ele ainda estava sujo de sangue e placenta. Chamamos a polícia e os bombeiros, mas como o bebê estava golfando, os próprios policiais levaram para o hospital", completou.

O caso foi registrado na 126ª DP (Cabo Frio), que vai tentar idenficar a mãe da criança para que ela possa responder por abandono de incapaz. A pena para o crime varia de seis meses a três anos de prisão, caso a criança seja encontrada em bom estado de saúde. Se o bebê tiver lesões corporais, a pena aumenta para prisão de um a cinco anos. Em caso de morte, a pena passa a variar entre quatro e 12 anos de prisão.

Bebê poderia ter sido deixado em hospital

As autoridades lembram que qualquer mãe que não tenha condições de ficar com um bebê recém-nascido pode levar a criança até um hospital para ser encaminhada para adoção.

Basta assinar um documento abdicando da guarda da criança. Se o procedimento for feito de maneira legal, não configura crime, ao contrário de abandonar o bebê sem garantir que ele tenha os cuidados necessários.

Segundo caso em quatro meses

Este foi o segundo caso de abandono de bebê recém-nascido registrado na cidade em quatro meses. Em novembro de 2013, uma menina recém-nascida foi encontrada perto do estacionamento do Hospital do Jardim Esperança. Ela tinha menos de 24h de vida e pesava três quilos.

Comovidos com a história, funcionários do Hospital da Mulher, onde a criança ficou em tratamento, colocaram na menina o apelido de "Paulinha", uma referência à personagem da atriz Clara Castanho na novela "Amor à Vida", da Rede Globo, que também havia sido abandonada e encontrada na rua.


Bebê recém-nascido é encontrado por casal dentro de uma caixa de leite no RJ

Fonte: G1