Bebê sobrevive após ser arrastado por 500 m

Mãe foi atropelada por um automóvel em alta velocidade na Vila Jacuí

Um bebê de 4 meses ficou preso no parabrisa de um carro por cerca de 500 m na manhã de terça-feira, depois que sua mãe foi atropelada por um automóvel em alta velocidade na Vila Jacuí, zona leste de São Paulo. A mulher que guiava o veículo não possuía carteira de habilitação e fugiu do local do acidente. A criança sobreviveu ao atropelamento, mas sofreu várias escoriações nas mãos e no rosto. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

O acidente aconteceu por volta das 7h, em frente a um hipermercado. Segundo testemunhas, a dona de casa Thais Menezes de Moraes Pinto, 20 anos, atravessava a faixa de pedestres com sua filha no colo, quando o automóvel cruzou o sinal vermelho. A menina ficou presa no parabrisa do carro e se soltou apenas 500 m depois. Ainda de acordo com relatos de testemunhas, a criança foi arremessada contra o canteiro central da via. Mesmo assim, a motorista do veículo não parou. Na delegacia, onde se apresentou mais tarde, a mulher alegou que não viu o bebê preso no carro e que fugiu por acreditar que era um assalto.

Fonte: Terra