Bin Laden assume tentativa de atentado em avião no Natal

Bin Laden diz que EUA não viverão em paz enquanto apoiarem Israel.

Uma gravação de áudio que seria do líder da rede terrorista al-Qaeda foi transmitida neste domingo (24) pela rede de TV árabe Al-Jazeera. Na fita, Osama bin Laden assume a responsabilidade pela tentativa de atentado a um avião que seguia para Detroit, no Natal de 2009, e afirma que os ataques continuarão.

"A mensagem enviada a vocês pelo heroi nigeriano Umar Farouk Abdulmutallab é uma confirmação de nossa mensagem prévia transmitida por nossos herois do 11 de setembro". Em seu site de notícias, a rede de TV informa que o áudio parece ter sido gravado no mês passado. Segundo a reportagem, Bin Laden diz que os EUA nunca viverão em paz até que a paz esteja com os palestinos.

"É injusto que vocês vivam em paz quando nossos irmãos sofram demais em Gaza. Assim sendo, nossos ataques continuarão enquanto vocês continuarem a apoiar Israel." Um importante conselheiro da Casa Branca disse que não poderia confirmar a autenticidade do áudio.

"Não posso confirmar nem negar a autenticidade do áudio, mas assumindo que é ele (Bin Laden), sua mensagem contém as mesmas justificativas vazias para matar inocentes que já ouvimos antes", disse David Axelrod ao programa "State of the Union", da CNN.

Atentado frustrado

No dia de Natal do ano passado, o nigeriano Umar Farouk Abdulmutallab tentou explodir um avião que pousava em Detroit, mas a bomba acabou não explodindo e ele foi preso. Ele disse aos agentes federais que havia sido treinado pelo braço da rede al-Qaeda no Iêmen. O incidente gerou uma pressão sobre o país, e uma operação de caça a milutantes islâmicos foi deflagrada pelo governo iemenita.

Fonte: g1, www.g1.com.br