"BloCão" de carnaval quer fazer desfile com 200 cachorros fantasiados no Rio

BloCão começou em Copacabana há 11 anos e terá desfile na Barra.

Neste bloco os foliões não bebem, nem cantam as marchinhas e o termo "pegada" é absolutamente inocente. No BloCão, que vai desfilar pela primeira vez na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, só há espaço para os cachorros ? como insinua o trocadilho do bloco.

A partir das 9h do dia 2 de março o cortejo dará uma volta na Praça do Ó, explorando as sombras das árvores dos jardins para os animais não sofrerem com o calor. Se os donos podem se dar ao luxo de uma cervejinha, os animais terão à disposição potinhos cheios d"água para se refrescarem.

Idealizador do desfile, inspirado no Blocão de Copacabana, Marco Antônio Totó espera que até 200 animaizinhos apareçam fantasiados. "Rola namoro entre os animais, mas muita amizade também. Mas não só do cachorro, do humano também. É para os donos se divertirem e incluirem os seus bichos na rotina. No bloco, pensamos primeiro no cachorro e depois na pessoa", garantiu.

Entre donos e cachorros, há fantasias complementares. Batman e Robin, Pierrot e Colombina, Chavez e Chiquinha. A pedagoga Gisele Barros já confirmou presença. Ela e a yorkshire Mayh vão iguazinhas, de Minnie.

"Ela adora, se diverte muito. Quando pego a fantasia já sai pela casa desfilando porque sabe que vai sair de casa. Fica andando na sala para mostrar a roupa", garante.

Antes do desfile, um concurso de fantasias vai premiar os cachorros com fantasias mais "criativas e luxuosas".





Fonte: G1