Boi em Goiás reza, pisca para mulher bonita e ainda se finge de morto

Diamante Negro faz mais: carrega o dono em pé e foge da polícia. Habilidades foram ensinadas por um adestrador da cidade de Uruana.

Batizado com nome de uma pedra preciosa, um boi de quase 1 tonelada criado em uma propriedade rural de Uruana, a 156 quilômetros de Goiânia, é cheio de dotes especiais. Diamante Negro, como é chamado, foge da polícia, reza ajoelhado, carrega o dono em pé, se finge de morto e até pisca para mulher bonita.


Boi em Goiás reza, pisca para mulher bonita e ainda se finge de morto

Boi em Goiás reza, pisca para mulher bonita e ainda se finge de morto

Adestrado pelo jovem agricultor Dielson Mendes, o animal segue um rigoroso treinamento desde filhote e, por isso, responde aos comandos feitos por qualquer pessoa.

Entretanto, até Diamante Negro chegar nesse nível de obediência, o adestrador sofreu muitos tombos. Os pais de Dielson dizem que eram muito preocupados com o risco de acidentes. ?Eu tinha muito medo dele cair e machucar era muito perigoso, mas hoje eu tenho muito orgulho de ter visto ele amansando a criação desde pequeno?, diz a mãe do jovem, Suely Carvalho Mendes. O pai, Adelson Carlos Mendes, também tem orgulho do filho: ?Eu achava que ele não iria conseguir, mas nós entregamos na mão de Deus e deu tudo certo?.

Emocionado, o adestrador de Diamante Negro conta que um dos sonhos dele é mostrar o talento do bicho em apresentações nas festas de rodeio do interior de Goiás e outros estado. Porém, ele afirma que o valor cobrado para transportar o animal é inviável.

?Estou correndo atrás para conseguir isso. De vez em quando aparece alguém para ajudar, mas na maioria das vezes não tem como porque é muito caro viajar com ele. Cada transporte é avaliado entre R$ 1 mil e R$ 1,5 mil?, explica Dielson Mendes. Ele se emociona ao falar como adestrou o Diamante Negro. ?Tem que dar muito carinho pra ele. Isso é o mais importante. Animal a gente não pode bater, tem que dar carinho?, revela, com os olhos lacrimenajdos. Olhando nos olhos do boi ele se declara: ?Você é minha joia?.

Enquanto o desejo de viajar com o Diamante Negro para as festas de rodeio não se realiza, Dielson segue aprimorando o dom de amansar animais. Ele já está adestrando um bezerro batizado de Sete Ouros. Cheio de mordomias, o filhote recebe cafuné e não resiste a um refrigerante.

Fonte: G1