Bolsonaro denuncia cartilha do MEC em vídeo, mas comete engano

A publicação diz que o livro é sugerido pelo MEC a professores

Surgiu na internet uma história de que uma cartilha do MEC (Ministério da Educação) estimulava crianças de 9 a 10 anos a fazer sexo, mas a grande verdade é que o livro não foi produzido pelo MEC.

Image title

O texto, publicado em diversos blogs, apontava que o livro "Aparelho Sexual & Cia, Um guia inusitado para crianças descoladas” era um escândalo e mesmo assim era recomendado pelo governo para professores utilizarem nas escolas.

A publicação diz que o livro é sugerido pelo MEC a diretores e professores da rede pública e privada de ensino.

O deputado Jair Bolsonaro deu a sua contribuição para fomentar a história e fez duras criticas ao livros e ao governo, mas acabou cometendo um grande engano.

A grande verdade é que o livro não é uma “cartilha do MEC”. Na realidade, o livro nem brasileiro é. Ele é o “Aparelho Sexual & Cia, Um guia inusitado para crianças descoladas", escrito pela autora francesa Hélène Bruller e editado no Brasil desde 2007 pela Companhia das Letras. Se o Bolsonaro tivessem lido com atenção isso, não diriam que era do MEC.

LIVROS do PT ensinam SEXO para CRIANCINHAS nas ESCOLAS:- Para o PT brevemente a PEDOFILIA deixará de ser CRIME;- O...

Posted by Jair Messias Bolsonaro on Sunday, January 10, 2016
Fonte: Com informações do Brasil Post