Brasileiro está entre os finalistas do concurso "melhor emprego do mundo"

O brasileiro é finalista na categoria fotógrafo de estilo de vida.

Um brasileiro está entre os finalistas do concurso "melhor emprego do mundo". O fotógrafo de Vitória, Espírito Santo, Roberto Seba, 31 anos, está entre os 25 concorrentes a passar seis meses na Austrália indo a eventos e festas como VIP, patrulhando praias paradisíacas e aproveitando os bares e restaurantes de Melbourn gratuitamente e ainda ganhar um salário de US$ 100 mil (cerca de R$ 200 mil).


Brasileiro está entre os finalistas do concurso

Cerca de 40 mil pessoas se inscreveram para participar do concurso, que era dividido em seis categorias - guarda de parque, fotógrafo de estilo de vida, chefe de degustação, cuidador de animais selvagens, frequentador de eventos e aventureiro. O brasileiro é finalista na categoria fotógrafo de estilo de vida. Para participar da primeira etapa do processo, o candidato precisava enviar um vídeo de 30 segundos contando os motivos que o levava a querer trabalhar no projeto.

"Fiquei sabendo do concurso pela internet, depois que um amigo compartilhou o site. Quando vi que tinha minhas características, resolvi participar para entrar ainda mais na minha área de trabalho", afirmou o fotógrafo. "Como já trabalhava com vídeos, fiz o material bem rápido, editei e enviei".

Os vídeos foram selecionados pelos organizadores e os 25 melhores foram classificados para a segunda etapa. Agora, os candidatos terão que realizar alguns testes e divulgar seu trabalho para o público. Para isso, Seba resolveu criar uma fanpage no Facebook (www.facebook.com/gobobaustralia).

"Eles (os organizadores) colocam um desafio para os candidatos: divulgar e mobilizar as pessoas para mostrar que você está entre os finalistas do concurso. Uma das minhas estratégias foi criar essa fanpage para eu poder contabilizar esse apoio. Cada pessoa que me seguir ali vai ajudar para eles considerarem minha disputa à vaga".

Três candidatos serão selecionados nesta etapa e irão para a Austrália para passar por entrevistas diretamente com os responsáveis pelo concurso. O resultado da segunda fase será divulgado no dia 15 de maio.

Quem vencer a disputa para a vaga a que Seba concorre ficará na cidade de Melbourn para mostrar como os moradores aproveitam a cidade, os cafés, os festivais de música, bares entre outros locais. "É uma extensão do meu trabalho, mas em um lugar fantástico, com a facilidade de estar muito bem pago por isso. Eu já tive a felicidade de trabalhar para revistas muito legais e viajei para muitos lugares, mas nunca fui para a Austrália. Então, poder ficar seis meses lá é uma oportunidade incrível".

Seba se formou em publicidade na Universidade de Vila Velha (UVV). Há seis anos ele resolveu mudar para São Paulo e começou a trabalhar com fotografia. Como freelancer, ele tem experiência na área de turismo, mas não acredita que leva muita vantagem por isso.

"Alguns (candidatos) são profissionais da área, mas têm outros que fazem fotografia como hobby. Tenho a vantagem em relação a alguns pelo fato de trabalhar na área e ter essa experiência de ter atuado por cerca de seis anos, mas tem bastante gente competente, pelo material que vimos", afirmou. O fotógrafo não é casado, mas mora com a namorada há quatro anos em São Paulo. Ele afirma que se for selecionado tentará levá-la para a Austrália.

O resultado final do processo será divulgado no dia 21 de junho, quando os seis felizardos serão contratados para o melhor emprego do mundo. Até lá, Seba afirma que vai ficar ansioso. "Espero conseguir o máximo apoio possível das pessoas", afirmou.

Fonte: Terra