Brasileiros apostam mais em loterias esse ano

Arrecadação das loterias da Caixa cresce 30% no primeiro trimestre

A arrecadação das dez modalidades lotéricas da Caixa Econômica Federal atingiu R$ 1,87 bilhão no primeiro trimestre de 2010, com expansão de 30% em relação à do mesmo período do ano passado, informou hoje (8) o vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias da instituição, Wellington Moreira Franco.

Ele disse que mais uma vez a Mega-Sena foi o destaque na captação de apostas, com arrecadação de R$ 868 milhões até março, o que equivale a um crescimento de 46% na comparação com o primeiro trimestre de 2009. De acordo com o vice-presidente, entre outros motivos, isso se deve aos grandes prêmios pagos no período, especialmente o recorde de R$ 72 milhões, sorteado em fevereiro.

Segundo ele, o ?crescimento extraordinário? também decorre das mudanças implementadas nas loterias da Caixa, como o sorteio da Quina, que era realizado três vezes por semana e desde o início de outubro de 2009 passou a ser diário. Essas alterações levaram à entrada de cerca de 30 milhões de novos apostadores no sistema de jogos da Caixa neste ano, estima Moreira Franco.

Apesar de a Mega-Sena ter sido a loteria que mais arrecadou, ele afirmou que o maior aumento nas vendas foi registrado pela Quina. Essa modalidade lotérica registrou apostas no valor de R$ 307,1 milhões de janeiro a março deste ano, contra R$ 188,3 milhões em igual período de 2009, um incremento de 63%.

Moreira Franco disse que os resultados demonstram o sucesso das mudanças promovidas na Quina. A Caixa também alterou o percentual de distribuição dos prêmios, com fortalecimento da primeira faixa, de modo a ?garantir a atratividade? do valor do prêmio principal, que aumentou de 30% para 40% do total distribuído

Fonte: Agência Brasil