Câmara faz homenagem aos 20 anos do Jornal Meio Norte

A ação foi proposta pelo vereador Antônio Aguiar (PROS)

Image title


Líder de mercado e na preferência dos piauienses, o Jornal Meio Norte foi homenageado na noite desta quarta-feira (17) em sessão solene na Câmara Municipal de Teresina.

A ação proposta pelo vereador Antônio Aguiar (PROS) laureou as duas décadas de contribuição da publicação no dia a dia do cidadão, priorizando a informação de qualidade e credibilidade. Durante a ação estiveram presentes autoridades, funcionários e colaboradores do Sistema Integrado de Comunicação Meio Norte, além de leitores assíduos do jornal, constatando o seu caráter sério e independente, que o faz cada vez mais necessário.

A audiência aprovada por unanimidade pelos parlamentares, é o reconhecimento do Legislativo Municipal pelo trabalho realizado durante os 20 anos de atuação do JMN.

“O Jornal Meio Norte tem sido um veículo muito importante em todo o Brasil, formando e informando; principalmente pelo modo comprometido que leva aos piauienses informações precisas e imparciais”, justificou Aguiar.

O presidente da Câmara Municipal, Luiz Lobão, também sintetizou a importância da sessão, ato abraçado por todos os vereadores. "Os fatos são colocados com credibilidade, inclusive as ações dessa Casa. Ele é relevante não só para a capital, mas todo o Piauí", comentou.

A homenagem sensibilizou todos que contribuíram para a concretização do Jornal Meio Norte como o principal periódico do Estado. Emoção reverberada pelo diretor de jornalismo do Sistema Integrado de Comunicação Meio Norte, José Osmando Araújo. “Nós agradecemos esse ato representando o povo de Teresina. Nos deixa muito honrados, pois indica que estamos no caminho certo”, declarou. 

O reconhecimento prova a importância do periódico que já nasceu ousado e independente.

"Fomos o primeiro jornal do Estado a cores, ao longo do tempo continuamos buscando a inovação, não podemos parar", ressaltou.

A diretora presidente do Sistema Integrado de Comunicação Meio Norte, Lívia Guimarães, compartilhou do sentimento, indicando para a pluralidade e isenção do JMN. "Temos a tarefa de contribuir com nossa gente, buscando o alinhamento com as causas da nossa população, distanciando-se do sensacionalismo e leviandade", concluiu.

''O reconhecimento da Câmara só aumenta a responsabilidade do Jornal em levar informação de qualidade para seus leitores. Precisamos avançar sempre mais e mais'', afirmou o editor executivo Arimatea Carvalho


Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title


Image title


FOTOS: VICTOR GABRIEL 


Fonte: Francys Teixeira