Campanha da vacinação atingiu 60% do público-alvo do país

Campanha da vacinação atingiu 60% do público-alvo do país

Governo quer atingir 80% da população, cerca de 24 milhões de pessoas.

Dados preliminares do Ministério da Saúde apontam que 60,24% do público-alvo foi imunizado durante a campanha da vacinação contra a gripe, que encerrou nesta sexta-feira (13).

Segundo o Ministério da Saúde, o balanço parcial entre secretarias municipais e estaduais leva em conta dados das 18h,que apontam 18.028.230 pessoas vacinadas.

Em alguns estados onde as metas não foram atingidas, a campanha de vacinação ainda segue. A meta, segundo o ministério da Saúde, é vacinar cerca de 24 milhões de pessoas. O público com maior cobertura de vacinação foi o das crianças com idades entre seis meses e dois anos. Cerca de 65% do público nesta faixa etária foi imunizado.

Nas pessoas com mais de 60 anos, 63% do público foi imunizado. Os trabalhadores de saúde tiveram 60,6% do público vacinado. Gestantes e indígenas tiveram o menor índice, com 39,47% e 38,07%, respectivamente. A vacina protege contra os três principais vírus da gripe, entre eles o da influenza A (H1N1).

A prorrogação da campanha nas cidades onde não foram atingidas as metas caberá aos gestores locais. No Rio Grande do Sul, onde 58% do público-alvo foi vacinado, a secretaria estadual de Saúde já informou que a campanha será prorrogada até o próximo dia 20. Além do Rio Grande do Sul, São Paulo, do Rio de Janeiro, de Minas Gerais e Alagoas, além da capital de Mato Grosso do Sul, estenderam campanha até dia 20.

No Distrito Federal, e nos estados de Roraima e Mato Grosso o prazo foi ampliado até o dia 27. No Ceará, a vacina poderá ser tomada até 13 de junho, informou a Secretaria Estadual de Saúde. O ministério da Saúde prometem divulgar um novo balanço das imunizações na próxima semana.

A campanha deste ano foi considerada pelo Ministério da Saúde, a segunda com maior número de imunizações no país, só atrás da de 2008, quando 65,35% do público-alvo foi imunizado. No ano passado, a campanha atingiu 54,81% da população.

Público

Na campanha deste ano, o Ministério da Saúde incluiu pela primeira vez as gestantes (em qualquer fase da gravidez), crianças de seis meses a menores de dois anos (1 ano, 11 meses e 29 dias) e os trabalhadores de saúde. Até o ano passado, a campanha era voltada para idosos (pessoas com 60 anos e mais) e indígenas, que continuam entre os grupos prioritários.

A campanha deste ano distribuiu 32,7 milhões de doses, para todos os estados e municípios. A vacinação ocorreu em mais de 33 mil postos de todo o país e mobilizou 240 mil profissionais de saúde.

Fonte: g1, www.g1.com.br