Cantor Gian paga pensão para o filho e Justiça revoga decreto de prisão, diz defesa

Cantor Gian paga pensão para o filho e Justiça revoga decreto de prisão, diz defesa

Advogado do artista diz que R$ 100 mil foram quitados nesta segunda (10).

O advogado Aparecido Hernani Ferreria, que defende os interesses da dupla Gian e Giovani, informou nesta terça-feira (11) que o cantor Aparecido dos Reis Morais, conhecido como Gian, pagou na segunda-feira (10) a pensão alimentícia para o filho adolescente que ele tem com a ex-mulher. Com isso, segundo o defensor do artista, a Justiça de Barueri, na Grande São Paulo, revogou o mandado de prisão contra seu cliente pelo descumprimento do benefício. O sertanejo deverá conceder uma entrevista coletiva nesta tarde, no escritório de advocacia que defende a dupla, em Mogi das Cruzes, na região metropolitana.

De acordo com Ferreira, o depósito dos cerca de R$ 100 mil que a autônoma Maria Cláudia de Medeiros Alonso, que foi casada com o artista, cobrava do cantor foi feito na noite de segunda, no Fórum de Barueri.

"Após a quitação da dívida, a Justiça revogou o decreto de prisão contra Gian na noite de segunda. Ele devia aproximadamente R$ 100 mil referentes a falta de pagamento desde dezembro porque não tem condições financeiras de pagar R$ 10 mil mensais. Ele tem condições de pagar R$ 3 mil, mas isso fica para ser decidido mais à frente pela Justiça", disse o advogado.

Desde o dia 4 de setembro, quando a Polícia Civil recebeu o mandado de prisão para prender o cantor, Gian passou a ser procurado pela Delegacia Central de Barueri. Para evitar que fosse preso, o artista deixou de fazer pelo menos três shows com o irmão Giovani, que foi obrigado a se apresentar sozinho. Procurada na manhã desta terça, a assessoria de imprensa da Secretaria da Segurança Pública do Estado de SP informou que iria apurar se a ordem de prisão contra o sertanejo foi revogada.

Escondido

Por orientação de seu advogado, o sertanejo ficou escondido após a juíza Maria Elizabeth de Oliveira Bortoloto decretar sua prisão temporária de 30 dias pela falta de pagamento de pensão. A defesa queria evitar o vexame de uma detenção diante de fãs no palco durante as apresentações. A sugestão foi aguardar e voltar a aparecer até que a pendência com a ex-mulher fosse resolvida.

Gian deixou de ir para os shows de Rio das Pedras e Cravinhos, ambos no interior de São Paulo, respectivamente na quinta (6) e sexta-feira (7), e mais recentemente num evento em Vila Rica (MT), no sábado (8).

Shows e pensão

O próximo show programado da dupla acontecerá em Águas da Prata, no interior paulista, na sexta-feira (14), quando os irmãos deverão voltar a cantar juntos.

Questionado nesta terça-feira sobre o caso, o advogado Azis José Elias Filho, que defende os interesses de Maria Cláudia, ex-mulher de Gian, afirmou que até a tarde desta segunda não havia tido informações de que o cantor havia pago a pensão do filho. "Quero esclarecer que foi o próprio Gian quem sugeriu pagar R$ 10 mil mensais de pensão. Além disso, a ex-mulher dele foi a primeira esposa do cantor. O conheceu quando ele ainda não era famoso e só está querendo que o ex-marido pague a pensão ao filho que eles tiveram juntos", disse Elias Filho.

Fonte: G1